Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/01/21 às 18h25 - Atualizado em 14/02/21 às 14h51

Paciente vence a Covid-19 e reencontra filha após três anos

Ela mora na Itália e voltou ao Brasil para visitar o pai que está internado no Hran e curado da doença

 

JOHNNY BRAGA E GEOVANA ALBUQUERQUE,

DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Dircilene reencontrou o pai, curado da Covid-19, no Hran – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Um reencontro pra lá de emocionante ocorreu nesta sexta-feira (29), no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Além de vencer a Covid-19, Hiroito Roriz, de 75 anos, teve a felicidade de reencontrar, depois de três anos, a filha Dircilene Roriz e a neta Larissa Roriz. Hiroito é morador de Ceilândia e está internado no Hran desde o dia 15 de dezembro. Já a filha e a neta vivem na cidade de Pádua, na Itália. O momento que marcou a família foi registrado, em vídeo, pela equipe do Hran, veja:

 

 

Além da doença causada pelo novo coronavírus Sars-CoV-2, Hiroito também venceu um câncer, em 2005. A filha conta que, no dia 15 dezembro, o pai estava com sintomas da Covid-19 e que ele não queria ir ao hospital. Mesmo do outro lado do oceano Atlântico, a 9.071 quilômetros de Brasília, Dircilene o incentivou a ir até o Hran. Ele foi internado com um quadro de pneumonia aspirativa.

 

“Foi uma luta de duas semanas até ele superar a doença”, relata Dircilene Roriz. Já recuperado da Covid-19, porém ainda internado para ganhar peso devido ao quadro de desnutrição, o paciente falou um pouco sobre o tratamento que recebeu. “Agora estou me sentindo melhor, mais confortável. Eles (a equipe do Hran) cuidaram muito bem de mim”, disse Hiroito.

 

Hiroito é morador de Ceilândia e venceu a covid-19  -Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O diretor da Atenção Secundária do Hospital Regional da Asa Norte, Pedro Zancanaro, explicou que devido ao quadro de saúde, o paciente está se alimentando por sonda nasogástrica e já existe uma expectativa de alta hospitalar. “Foi muito emocionante ver um paciente que está lutando para se recuperar, ganhar peso. Ele é um vencedor porque venceu um câncer de mandíbula e hoje pôde reencontrar uma filha que não via há muito tempo. A expectativa é que nas próximas duas ou três semanas ele possa receber alta”.

 

Vencedores

 

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde em 28 de janeiro, no Distrito Federal foram notificados 274.601 casos da Covid-19. Desse total, 263.732 já estão recuperados da doença, o que equivale a 96% do total de casos.

 

Quem também venceu a doença foi Maria Amélia Martins Ribeiro Porto, de 57 anos. Ela esteve internada no Hospital Regional de Samambaia (HRSam) durante trinta dias. A família marcou a saída dela da unidade com uma linda homenagem na última quarta-feira (27).

 

Com balões e faixas contendo frases motivacionais e em agradecimento aos profissionais que cuidaram da paciente, os familiares reuniram-se em frente à portaria principal do HRSam, na manhã desta quarta-feira (27). Ao avistar Maria Amélia, a família a aplaudiu e cantou a música “É o Amor”, da dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano. A emoção tomou conta de todos. Veja o vídeo do reencontro: