Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/05/14 às 14h10 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Planaltina realiza mais uma ação contra a dengue

Já é a quarta vez que o trabalho é realizado na região este ano

 

Agentes Comunitários de Saúde, da Vigilância Ambiental e a Guarda Nacional Ambiental vão visitar cerca de cinco mil residências no Vale do Sol, Quintas do Amanhecer e 21 Condomínios – Arapoanga, em Planaltina. A ação, nos dias 15 e 17 de maio, servirá para intensificar o combate a dengue na região. O objetivo é retirar o lixo das casas para eliminar possíveis criadouros do mosquito. Esta é a quarta ação em Planaltina este ano.

A equipe, além de entregar panfletos, informará o local e a data de recolhimento do lixo. No sábado (17), um carro de som anunciará a ação. De 19 a 23 de maio, o descarte será recolhido pala Administração Regional e funcionários do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Para a coordenadora do Geiplandengue de Planaltina, Maria Clara Porto, a divulgação ocorrerá casa a casa, com entrega de panfleto informativo sobre o manejo ambiental, explicando sobre o que deve ser retirado das casas, ou seja, resíduos albergadores de água e possíveis focos do Aedes Agypits, e entrega de material educativo sobre a dengue. “Eles podem colocar esses objetos na porta de casa que nós vamos retirar”, explicou Maria Clara.

Também será realizada a fiscalização das ruas dos setores visitados pela operação “pente fino” dos caminhões e garis e, posteriormente, pelos fiscais da Agência de Fiscalização (Agefis). Segundo a coordenadora do Geiplandengue, todos os moradores que persistirem em colocar ou manter os resíduos nas portas de sua casa após a data estipulada para o manejo serão notificados e orientados quanto à importância do cumprimento dos prazos.  “Com isso, objetivamos educar a população para a importância da ação conjunta com os órgãos durante o manejo”, afirma.

A coordenadora-geral de saúde de Planaltina, Mônica Rocha Rodrigues, relata que a mobilização foi decidida a fim de disseminar a importância da prevenção da doença. Ela ressalta que a ideia é agir preventivamente. “Para combater a dengue, precisamos contar com a participação da população. É fundamental que as pessoas colaborem para evitarmos mais casos”, conclui.

O trabalho foi planejado pelo Grupo Executivo Intersetorial de Gestão de Prevenção e Controle da Dengue (Geiplandengue), formado pela Coordenação Regional de Saúde de Planaltina, Administração Regional de Planaltina, SLU, Regional de Ensino, Bombeiros, Policia Militar, Agentes de Vigilância Ambiental, Agentes Comunitários, Agefis e a participação da Guarda Nacional Ambiental, que cederá 50 homens para reforçar a divulgação do manejo ambiental.

Por Tatiane Gomes, da Agência Saúde DF