Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/05/13 às 19h04 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

Regional de Saúde do Guará participa da Caminhada contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

COMPARTILHAR

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes (18), o Programa de Pesquisa, Assistência e Vigilância à Violência/PAV-Primavera promoveu, juntamente com outros órgãos e parceiros, a 1ª Caminhada no Guará sobre o assunto. O evento também faz parte das comemorações do aniversário da região administrativa.

A ação teve o objetivo de mobilizar, conscientizar e chamar a atenção para a realidade sobre o tema e mostrar também o que tem sido feito para garantir os direitos dessas crianças e adolescentes. O ato buscou ainda promover e articular a Rede de Atendimento para ampliar o conhecimento sobre os programas oferecidos para a comunidade.

A caminhada teve a participação de aproximadamente 300 pessoas que realizaram o percurso a partir do Ginásio do CAVE até o Parque Ezequias Heringer. A maioria eram crianças e adolescentes, 12 a 18 anos. Durante todo trajeto, foram distribuídos materiais informativos sobre o combate ao abuso e exploração sexual, além de falas sobre a conscientização dos profissionais presentes. Ao final, os participantes tiveram atividades esportivas com muita música.

Segundo Mariana Lopes, psicóloga responsável pelo PAV-Primavera, a caminhada não poderia vir em melhor momento. “Acabamos de inaugurar a nossa Ludoteca no Hospital Regional do Guará. A partir de agora, conseguiremos elevar o nível de atendimento às demandas que chegam até nós. A caminhada é uma ótima oportunidade de divulgar o nosso trabalho e chamar a atenção para um tema que, infelizmente, está cada dia mais recorrente em nossa sociedade. Falo da nossa realidade dentro da Saúde e das outras tantas crianças que são atendidas nas escolas, conselho tutelar, nos centros de Assistência Social. Esse assunto precisa ser discutido cotidianamente para que a percepção sobre o tema se torne macro.”

O evento foi resultado da iniciativa do programa PAV-Primavera, Conselho Tutelar do Guará, CRAS – Centro de Referência de Assistência Social do Guará, CREAS/Brasília – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, CRE – Coordenadoria Regional de Ensino e UAMA – Unidade de Atendimento em Meio Aberto do Guará. Participaram ainda a Administração Regional do Guará, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil, CAESB e IBRAM.

Érika Bragança