Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/03/18 às 21h25 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Saúde apoia Dia do Orgulho SUS

Data marca movimento global pela valorização do sistema 

BRASÍLIA (21/3/18) – Engajada na valorização dos sistemas públicos universais, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal apoia a comemoração do Dia do Orgulho SUS, celebrado nesta quarta-feira (21).

No Brasil a iniciativa começou no Rio de Janeiro há cinco anos, inspirada na Inglaterra com o nome Change Day. A data marca um movimento global que convoca as pessoas a melhorar o Sistema Único de Saúde (SUS) e compartilhar o que têm feito para inspirar os outros. Qualquer um pode se envolver: profissionais que atuam no SUS, usuários, organizações sem fins lucrativos, imprensa, e outros segmentos organizados da sociedade.

A pessoa escolhe o seu compromisso. Pode ser qualquer coisa que queira fazer, desde que melhore o atendimento, a integração, perspectivas ou experiência para os pacientes ou funcionários. Depois disso, deve postar nas redes sociais com a hashtag #orgulhosus explicando o que fez para melhorar e fortalecer o SUS.

A iniciativa é uma oportunidade de fazer ações positivas para o Sistema Único de Saúde. Cada compromisso, grande ou pequeno, pode fazer a diferença, além de ajudar a inspirar outras pessoas a se envolverem. O objetivo é incentivar a participação do maior número de pessoas possível.

“Esse ano o SUS completa 30 anos. Então, é o momento de dizer que ele é importante, que merece investimento adequado. Queremos que as pessoas mostrem com a hashtag #orgulhosus o que está sendo feito de bom no SUS para podemos fortalecer e defender nosso Sistema Único de Saúde”, afirmou o secretário de Saúde do DF, Humberto Fonseca.

HISTÓRICO – A data de 21 de março foi escolhida para comemorar o Orgulho SUS por ter sido o último dia da 8ª Conferência Nacional de Saúde de 1988, cujo relatório gerou os princípios do Sistema Único de Saúde. 

Muitos países já aderiram ao movimento, iniciado em 2012 na Inglaterra. Entre eles, Irlanda, Escócia, Holanda, Dinamarca, Suécia, Finlândia, Índia, Jordânia, Arábia Saudita, Nova Zelândia, Austrália e Brasil.

Como forma de inspiração, conheça os movimentos dos demais países. Caso tenha dificuldade com o idioma basta usar o Google tradutor.