Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/14 às 21h43 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Saúde inaugura serviço de Radiologia no Hospital de Apoio

COMPARTILHAR

Atendimento proporcionará mais conforto aos pacientes

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) inaugura nesta quarta-feira (12), às 9h, o serviço de Radiologia no Hospital de Apoio de Brasília (HAB). Além disso, será oficializado o funcionamento do Ambulatório de Cuidados Paliativos e o Ambulatório de Genética Médica Pediátrica.

O atendimento na Radiologia será direcionado aos pacientes internados e assistidos nos ambulatórios específicos do HAB. “A criação desse serviço irá proporcionar mais conforto, pois eles poderão realizar os exames no próprio HAB, o que evitará deslocamentos e sobrecarga em outros hospitais da rede”, afirma o diretor-geral do HAB, Alexandre Lyra.

O HAB, inaugurado em 1994, é uma unidade da SES/DF especializada em reabilitação de doentes com sequelas neurológicas graves e em cuidados paliativos oncológicos (fora de possibilidades terapêuticas), que atende pacientes encaminhados de outros hospitais da rede, em regime de internação e ambulatorial. Realiza ainda o Teste do Pezinho, onde são detectadas 36 patologias e presta assistência aos recém-nascidos no Ambulatório de Genética Clínica Pediátrica.

O Ambulatório de Cuidados Paliativos e o Ambulatório de Genética Clínica Pediátrica do HAB estão em funcionamento há seis meses. Ambos contam com a atuação de uma equipe multidisciplinar e interdisciplinar. 

“No Ambulatório de Genética Médica Pediátrica os pacientes que realizaram o Teste do Pezinho e cujo diagnóstico detectou patologia, são imediatamente atendidos por essa equipe multiprofissional, a fim de evitar sequelas”, acrescenta o diretor-geral.

O Ambulatório de Cuidados Paliativos possui cinco leitos-dia. O diretor comenta que o serviço é muito importante para os pacientes oncológicos fora de possibilidades terapêuticas. “Essa Unidade atende aqueles que, no momento, não têm indicação de internação e possam ter um suporte médico e multidisciplinar”, diz.

Por Patrícia Kavamoto, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226