Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/09/19 às 16h56 - Atualizado em 16/09/19 às 16h55

Saúde integra 7ª edição do programa “Sejus mais Perto do Cidadão”

 

População pôde aferir a pressão, fazer exames oftalmológicos e receber orientação médica

 

O programa Sejus mais perto do cidadão esteve na Estrutural, sétima região administrativa do DF a receber uma série de serviços, dentre eles ações da Secretaria de Saúde. Os moradores da região puderam, neste sábado (14), aferir a pressão arterial, glicemia e fazer exames oftalmológicos, que foram disponibilizados por meio de uma parceria entre a Saúde e a Fundação Regional de Assistência Oftalmologia (Frao). Além disso, foram disponibilizados testes rápidos para detecção de Infecções Sexualmente Transmissíveis e vacinas.

 

“A Secretaria de Saúde está presente neste evento da Secretaria de Justiça para atender às necessidades da população e engrandecer essa ação social com os serviços da Atenção Básica”, destaca a secretária-adjunta de Assistência à Saúde, Lucilene Florêncio.

 

Na ocasião, também houve exposição de produtos produzidos por pacientes nas oficinas terapêuticas do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) do Riacho Fundo I, orientação para o combate ao mosquito Aedes aegypti e atendimento do Núcleo de Prevenção e Assistência às Situações de Violência (Nupav).

 

ORIENTAÇÃO – Durante as ações de saúde, o vigilante Antônio Coimbra levou um susto ao saber que a pressão arterial estava 18 por nove. Rapidamente, ele foi orientado pela médica de família da UBS 1 da Estrutural, Vanila Araújo, que estava presente ao evento, e encaminhado para acompanhamento na equipe de saúde da família que corresponde à região onde ele reside. “O atendimento foi rápido, esclarecedor e irei seguir as orientações da doutora”, afirma.

 

Além da Secretaria de Saúde, mais de 30 órgãos públicos foram mobilizados para levar à população serviços como a confecção da carteira de identidade, o cadastro nos programas sociais do Governo, campanhas educativas de trânsito e alimentação saudável.

 

Johnny Braga, da Agência Saúde

Foto: Renato Alves/Agência Brasília