Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/12 às 17h06 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Saúde lança mutirão de ressonância magnética para zerar fila de espera

13 mil exames serão realizados e Secretaria vai comprar 3 novos equipamentos

A Secretaria de Saúde vai promover um grande mutirão com o objetivo de zerar a fila de espera por exames de ressonância magnética. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira, 8, pelo secretario de Saúde, Rafael Barbosa. “Nossa meta é realizar cerca de 13 mil exames e para tanto serão contratadas cinco clínicas privadas e adquiridos três novos equipamentos”, disse.

O primeiro contrato com clínica particular deve ser assinado nesta sexta-feira e os primeiros exames devem ser agendados para a próxima semana. A intenção, de acordo com o secretario, é realizar cerca de 2.500 exames por mês a um custo de R$ 370,00 cada um.

Rafael Barbosa informou ainda que o processo de licitação para a compra de três novos aparelhos de ressonância magnética já foi iniciado. A previsão é que sejam gastos cerca de R$ 8 milhões na aquisição. Os equipamentos devem ser instalados nos hospitais regionais de Taguatinga e Sobradinho e o terceiro no Hospital de Base. Atualmente a SES dispõe de um aparelho no HBDF e mantem convênio para atendimento de pacientes no Hospital Universitário e no Instituto de Cardiologia.

Outra ideia em fase de estudo pela direção da SES é a possibilidade de contratação de uma unidade móvel, no mesmo molde da “Carreta da Mulher”, para a realização de exames de ressonância de forma itinerante nas regiões do Distrito Federal que não dispõe do serviço. “Com todo esse esforço, a SES esperar resolver o problema das filas”, completa.

De acordo com o secretario, o aparelho de ressonância do HBDF, que está desativado há algumas semanas, deve voltar a funcionar na próxima semana.

Celi Gomes