Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/05/14 às 19h31 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Saúde participa da 1ª Jornada de Patologia

Iniciativa promove a educação continuada dos profissionais 

O secretário de Saúde do Distrito Federal, Elias Fernando Miziara, participou da abertura da 1ª Jornada de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia do Distrito Federal, nesta sexta-feira (9). A atividade acontece até sábado (10), no ParlaMundi da Legião da Boa Vontade (LBV). Médicos e residentes que atuam na rede pública do DF participam do evento.

O secretário afirmou que a iniciativa promove a educação continuada dos profissionais de saúde. “Eventos como esse possibilitam fazer reflexões que envolvem o caráter profissional, ético e político, ou seja, tudo o que envolve o nosso trabalho”, complementou.

Miziara destacou ainda as ações promovidas pelo Governo do DF com o intuito de prevenir o câncer do colo do útero, o quarto tipo de câncer que mais mata mulheres em Brasília e a segunda principal causa de óbitos no mundo. “A atual gestão adotou dois atos. Em primeiro lugar, as Carretas da Mulher, que hoje são cinco. Um dos exames oferecidos pela carreta é o preventivo de câncer do colo do útero (Papanicolau). A segunda ação, que continua sendo modelo no Brasil e referência internacional, é a vacinação contra o HPV, iniciada no ano passado, para meninas de 11 a 13 anos e, a partir de 2014, na faixa etária de 9 a 13 anos”, declarou.

O evento

A 1ª Jornada de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia do Distrito Federal é realizado pela Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia (ABPTGIC). O público-alvo são residentes e ginecologistas, bem como outros especialistas que atuam nessa área.

Os temas abordados são as vacinas contra o vírus HPV; dúvidas em colposcopia e colpocitologia; atualização sobre o tratamento de lesões precursoras de câncer do colo do útero, discussão de casos clínicos, entre outros.

“Convidamos o secretário Miziara para participar da 1ª Jornada por ser um excelente citopatologista, uma pessoa conhecida há muitos anos na cidade, também por ter sido um dos presidentes da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia de Brasília (SGOB), além de ocupar um cargo político de destaque”, comentou a presidente da ABPTGIC, Walquíria Quida Salles.

Por Patrícia Kavamoto, da Agência Saúde DF