Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/10/17 às 21h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Saúde participa de oficina de dimensionamento da força de trabalho

COMPARTILHAR

Evento é parceria entre secretaria, o Ministério da Saúde e outras duas entidades

BRASÍLIA (30/10/17) – A Secretaria de Saúde participou, nesta segunda-feira (30), da Oficina de Planejamento e Dimensionamento da Força de Trabalho nos serviços pré-hospitalares fixos e hospitalares de urgência do Distrito Federal, projeto desenvolvido por meio de parceria entre Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e Associação Brasileira Rede Unida. O DF participou com outros seis estados (Amazonas, Ceará, Goiás, Pará, Paraná e Tocantins) para validação de metodologia de dimensionamento para rede de urgência e emergência de todo país.

Segundo a subsecretária de Gestão de Pessoas, Jaqueline Carneiro, a oficina teve como objetivo a conclusão do projeto-piloto desenvolvido na Superintendência de Saúde Sudoeste e a elaboração do relatório final do DF com a contribuição dos gestores presentes. Cerca de 90 pessoas participaram da oficina, entre representantes da Secretaria de Saúde, Ministério da Saúde, Opas e Associação Brasileira Rede Unida.

O encerramento foi feito pelo secretário de Saúde, Humberto Fonseca. Ele lembrou que a pasta já está, desde 2015, fazendo um trabalho nesse sentido de dimensionar a rede. “Este evento aqui é específico para dimensionamento da emergência e das urgências, mas nosso estudo está indo além disso. Ano passado fizemos dimensionamento da atenção primária e neste ano, nas Upas [unidades de Pronto Atendimento] e começamos em alguns hospitais. Dimensionar é importante para entender o que realmente precisamos”, disse Fonseca.

Dentro da parceria com o Ministério da Saúde, a Região de Saúde Sudoeste foi escolhida como piloto por ter dois hospitais regionais, Upas e cobertura significativa de atenção primária. O próximo passo dentro do projeto é iniciar as capacitações de profissionais de outras regiões de saúde para que o mesmo trabalho seja feito. A próxima região a ser contemplada deve ser a Centro Sul.

INICIATIVA – A carta acordo para essa oficina foi assinada em abril deste ano. O primeiro encontro ocorreu em junho, com o curso para formação na Metodologia de Planejamento e Dimensionamento da Força de Trabalho para os Serviços Fixos Hospitalares e Pré-Hospitalares de Urgência e Emergência.

A iniciativa busca contribuir para a melhoria e fortalecimento do Sistema Único de Saúde por meio do oferecimento de um instrumento de gestão do trabalho capaz de auxiliar no planejamento da força de trabalho da rede de urgência e emergência de todo o país.

A formação iniciada em junho trata-se de uma proposta de formação-intervenção-avaliação, na qual os estados participantes terão a oportunidade de eleger componentes da sua rede de urgência e emergência para realizar um diagnóstico, planejamento e dimensionamento da força de trabalho, validando os materiais e instrumentos produzidos pela equipe do projeto, de forma que, ao final do curso, as ferramentas desenvolvidas colaborativamente possam ser disponibilizadas abertamente para todos os gestores e trabalhadores do SUS.