Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/04/17 às 13h01 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Secretaria reduz 50% de absenteísmo em sete meses

COMPARTILHAR

Maior monitoramento e acolhimento ao servidor são principais responsáveis

BRASÍLIA (18/4/17) – A Secretaria de Saúde conseguiu reduzir a taxa de absenteísmo de 13% para 6,94%, desde que aumentou o monitoramento e passou a adotar medidas de acolhimento aos servidores da pasta, em agosto de 2016. Entre os maiores motivos que tiram os profissionais do trabalho estão atestados médicos e as chamadas faltas injustificadas.

“O absenteísmo vem apresentando redução significativa desde agosto de 2016 e acreditamos que tal diminuição é resultado do contínuo trabalho de computação para desconto de faltas injustificadas, melhoria das condições de trabalho, ações que estão sendo realizadas pelos núcleos de segurança, higiene e medicina do trabalho, com realização de exames periódicos e acolhimento ao servidor”, explica a subsecretária de Gestão de Pessoal, Jaqueline Ribeiro.

Os atestados e licenças médicas e odontológicas foram responsáveis por 47,62% das ausências em janeiro e 54,09% em fevereiro. Já as faltas injustificadas somaram 40,82% em janeiro e 30,08% em fevereiro.

O monitoramento do absenteísmo é feito em parceria entre a Subsecretaria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde, a Corregedoria de Saúde e a Subsecretaria de Segurança e Saúde no Trabalho da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão.