Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/03/15 às 16h29 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Secretaria abre processo para remoção de médicos da família

COMPARTILHAR

Profissionais poderão fazer a solicitação até quinta-feira (5)

BRASÍLIA (3/3/15) – Dando continuidade à política de valorização dos servidores da Secretaria de Saúde, a Subsecretaria de Atenção Primária à Saúde abriu nesta terça-feira (3) novas vagas para remoção de médicos da família e comunidade efetivos. São 43 vagas, ao todo, para Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho, prisional e consultório de rua.

Os médicos interessados deverão comparecer à Subsecretaria de Atenção Primária à Saúde até as 12h de quinta-feira (5). É preciso apresentar requerimento de solicitação de remoção, comprovação de lotação em equipe consistida através do SCNES, ficha funcional e anuência das chefias mediante substituição.

No último processo de remoção, realizado entre os dias 24 e 27 de fevereiro, sete médicos tiveram a remoção deferida. Agora, eles devem aguardar em suas regionais de origem até serem contactados para a apresentação na regional solicitada.

Vale lembrar que todos eles serão substituídos pelos médicos provenientes do Programa de Provisão de Médicos do Ministério da Saúde (Mais Médicos e Provab), que já iniciaram suas atividades na Secretaria de Saúde. Nas próximas duas semanas os novos profissionais devem receber informações importantes do Sistema Único de Saúde e da Rede de Assistência à Saúde da pasta, através do acolhimento.

 

Confira aqui as regras para processo de remoção.

Confira aqui os pedidos de remoção deferidos e as vagas disponíveis para a próxima remoção.