Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/09/19 às 14h44 - Atualizado em 10/09/19 às 14h54

Diretoria de Atenção Secundária da Região de Saúde Central e Bombeiros realizam curso de suporte de vida no Hran

Treinamento em primeiros socorros beneficiou pacientes e familiares do Grupo de Obesidade

 

Pacientes do Grupo de Obesidade da Policlínica da Asa Norte participaram, nesta terça-feira (10), do curso sobre suporte básico de vida. O treinamento ocorreu no auditório do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e foi realizado pela Diretoria de Atenção Secundária à Saúde da Região Central (Dirase), em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).

 

O sargento Klaus Valadares e a soldado Camilla Naciff, que atuam no Grupamento de Atendimento de Emergência Pré-Hospitalar (Gaeph), conduziram a atividade. “O Gaeph é especializado em treinar bombeiros, servidores de outros órgãos públicos, profissionais de saúde, assim como a comunidade”, comentou o sargento.

 

Durante o curso no Hran, foram passadas orientações sobre a identificação de parada cardiorrespiratória, bem como manobras de reanimação e atendimento a vítimas de engasgo. “Quem salva a vida é quem presta o primeiro atendimento até a chegada dos bombeiros ou do Samu”, acrescentou o sargento.

 

“Hoje, realizamos o primeiro curso de suporte básico para pacientes com comorbidades cardiovasculares, voltado ao Grupo de Obesidade e seus familiares”, comemorou a gerente de Serviços da Atenção Secundária 1, Thalita Radni.

 

APRENDIZADO – Evany Santana, 48 anos, recebe atendimento no Ambulatório de Endocrinologia do Hran e comparece às reuniões do Grupo de Obesidade. A moradora de Samambaia aprovou o curso. “Achei sensacional e o aprendizado, melhor ainda. Aqui, pude tirar dúvidas sobre como salvar uma vida”, revelou.

 

As reuniões do Grupo de Obesidade são realizadas mensalmente no Hran. Uma das condutoras é a psicóloga Aline Hidaka. “Falamos sobre mudança de hábitos de vida, resistências ao tratamento, dieta, atividade física, entre outros assuntos. Há momentos em que convidamos outros profissionais de saúde para dar um suporte”, esclareceu.

 

Para ser inserido no Grupo de Obesidade da Policlínica da Asa Norte, localizado no Ambulatório do Hran, o paciente deve ser encaminhado pela Unidade Básica de Saúde (UBS), de acordo com a Nota Técnica da Secretaria de Saúde n.º 5/2018.

 

“É necessário que ele seja atendido no ambulatório de Endocrinologia. Esse paciente recebe um acompanhamento integral pelo grupo interdisciplinar, composto por psicólogo, médico, endocrinologista, nutricionista e enfermeiro”, explicou Aline.

 

 

Patrícia Kavamoto, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF