Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/01/15 às 15h42 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Secretário de Saúde presta homenagem ao fundador da Rede Sarah

Velório do ortopedista Aloysio Campos contou com a presença de funcionários, amigos e autoridades

BRASÍLIA (26/1/15) – Dezenas de pessoas compareceram ao velório do ortopedista Aloysio Campos da Paz Júnior, que morreu neste domingo (25), aos 80 anos, por insuficiência respiratória. O secretário de Saúde, João Batista de Sousa, esteve presente para prestar as últimas homenagens ao médico e fundador da Rede Sarah de Hospitais.

“A perda é irreparável, mas ele continuará vivo através de sua obra. Um centro de assistência à saúde e reabilitação que vai além do Brasil, com reconhecimento internacional”, observou João Batista.

Campos foi lembrado com muito carinho por muitos profissionais que com ele trabalharam. “Ele era um homem à frente do seu tempo. Mostrou que era possível fazer medicina pública com qualidade e humanismo”, destacou a presidente da Rede Sarah Lúcia Willadino Braga. A enfermeira Ivete Chafik trabalhou com o ortopedista por 35 anos e destacou o carisma do médico. “Ele também era de uma sabedoria incomum. Ensinou muita coisa à nós, enfermeiros”, frisou.

O velório ocorreu esta manhã (26), no Sarah. A esposa de Aloysio Campos, Elsita Campos e os filhos Isabela, Aloysio e Priscila receberam os cumprimentos de funcionários do hospital, amigos e autoridades.