Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/02/19 às 13h54 - Atualizado em 21/02/19 às 14h37

Secretário dialoga com aprovados em concursos da Saúde

 

 

Objetivo foi tranquilizá-los sobre os chamamentos que serão programados pela pasta

 

Representantes de diversas categorias profissionais aprovados em concursos de 2014 e 2018 foram recebidos pelo secretário de Saúde do Distrito Federal,  Osnei Okumoto, nesta quinta-feira (21). O chefe da pasta estava acompanhado do secretário adjunto de Gestão, Sérgio Costa e da subsecretária de  Gestão de Pessoas, Silene Almeida.

 

A reunião, no auditório do Administração Central, foi intermediada pela Assessoria de Relações Institucionais da Saúde (Arins),  com o objetivo de promover uma agenda para dialogar com transparência sobre as próximas nomeações e tranquilizar os aprovados que aguardam ser chamados para reforçar os quadros de recursos humanos. Também participou do encontro o deputado Distrital Jorge Viana.

 

“Reconheço a causa de vocês e sei que é um projeto de vida o chamamento para trabalhar na Secretaria de Saúde do DF. Estamos abrindo um canal para dialogar com clareza. Necessitamos muito de profissionais, não fazemos Saúde sem vocês”, ressaltou o secretário.

 

De imediato, Okumoto afirmou que iniciou um estudo de dimensionamento de recursos humanos para avaliar as necessidades da pasta. “Nós também estamos fazendo interlocuções diretas com o governador Ibaneis Rocha, Secretaria de Fazenda e Casa Civil para nomear os profissionais”, disse.

 

“Pela primeira vez, a Secretaria de Saúde do DF dialoga diretamente com os aprovados. Acredito que, agora, os concursados estão mais tranquilos e, assim, as tratativas fluem muito melhor”, elogiou o deputado Jorge Viana.

 

Aprovada em 2014 para o cargo de técnica de enfermagem, Maria de Jesus Alves Pereira afirma que o governo está dando a oportunidade para que ocorram as nomeações. “Estamos na luta há quatro anos. Ter recebido o nosso grupo mostra que eles estão preocupados com a nossa situação”, disse.

 

 

ENTENDA – No caso dos processos seletivos de 2014, que encerrava a validade em dezembro de 2018, os concursados não foram nomeados em razão da alegação de que havia impedimento gerado pelo período eleitoral. O impasse foi resolvido com a aprovação, na Câmara Legislativa do Distrito Federal, da lei nº 6.228/2018. O texto previu a suspensão do prazo de validade do concurso, que passou a valer até junho de 2019.

 

Recentemente, o governador Ibaneis Rocha anunciou a decisão de fazer a chamada de 561 concursados. Após a determinação, a Secretaria de Saúde do DF aguarda o parecer final da Procuradoria Geral do Distrito Federal e do Tribunal de Contas do DF sobre a possibilidade de aplicação da referida lei.

 

“Nós já recebemos parecer favorável da Assessoria Jurídica Legislativa da Saúde. Estamos aguardando o posicionamento final da Procuradoria Geral do Distrito Federal e do Tribunal de Contas do DF para ratificação e nomeação dentro do prazo”, ressaltou o secretário adjunto de Gestão.

 

O concurso de 2014 selecionou profissionais de várias áreas de nível superior, médio e técnico, o que inclui as áreas enfermagem, radiologia, laboratório, nutrição e administrativa.

Quanto ao concurso de 2018, o cronograma será divulgado após o diagnóstico situacional de recursos humanos, bem como do orçamento real da pasta.

 

 

Ailane Silva, da Agência Saúde

Fotos: Mariana Raphael