Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/04/18 às 17h48 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Hran promove atividade sobre higienização

COMPARTILHAR

 

 

Alguns setores do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) receberam, nesta quarta-feira (11), a visita de equipe multiprofissional da unidade para coleta de indicadores de qualidade junto aos servidores, no projeto chamado Dia D. As visitas ocorrem mensalmente e, desta vez, aconteceu durante a programação da II Semana de Segurança do HRAN, que vai até sexta-feira (13).

 

Nesta quarta-feira (11), foi incentivada a higienização correta das mãos e os cuidados com adereços e acessórios, como crachás, brincos, pulseiras, alianças e outros adornos que possam interferir no atendimento ao paciente e causar algum dano ou acidente. Todos que ouviram as orientações receberam um porta-adorno.

 

O diretor do Hran, José Adorno, que participa de todas as visitas do Dia D, ressalta que é um momento da gestão se aproximar da assistência, fazer uma escuta qualificada e incentivar os servidores a se atentarem às normas de segurança, as quais não necessariamente dependem de grande infraestrutura, como é o caso da lavagem das mãos e a retirada dos adereços ou fazer a correta identificação do paciente.

 

Janine Montefusco, chefe do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente do hospital, informa que estas visitas ou Dia D começaram no ano passado. “Vamos a todos os setores e toda a equipe, desde médicos, enfermagem, nutrição, fisioterapia e limpeza participam dos encontros. Tiramos dúvidas, esclarecemos e estimulamos a cultura da segurança do paciente”, diz.

 

VISITA – Além do Dia D, durante a palestra da pedagoga e psicóloga Zuldene Cipriano Gomes sobre Desenvolvimento do Potencial Humano, a  jornalista Dad Squarizi fez uma participação, onde contou sua experiência em atendimento no Hran.

 

Depois do tratamento em São Paulo, a jornalista precisou ir ao serviço de imunobiológicos do Hran para tomar algumas vacinas especiais. E ela ficou maravilhada com o cuidado, comprometimento dos servidores que a atenderam. “O interessante é que este empenho não se dava só comigo, mas durante minhas vindas aqui, procurei conversar com outras pessoas e percebi que o zelo e cuidado atencioso eram para com todos”, relatou Dad.

 

A II Semana de Segurança acontece até sexta-feira (13) e tem como objetivos divulgar as seis metas do Programa Nacional de Segurança do Paciente, orientar os profissionais quanto a notificação de eventos adversos e envolver as equipes multiprofissionais para que todos se tornem multiplicadores de conhecimentos que assegurem a qualidade da assistência.

 

Para saber mais sobre o evento e conferir a programação completa, clique aqui.

 

 

Texto: Regina Medeiros, da Agência Saúde

Fotos: Matheus Oliveira/SES-DF