Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/07/15 às 11h30 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Servidora competirá nos Jogos Parapan- Americanos de 2015

Paratleta da modalidade Tiro com Arco trabalha no Hospital de Base

BRASÍLIA (23/07/2015) – Servidora do Hospital de Base, a paratleta Thaís Silva e Carvalho, 23 anos, representará o Brasil e disputará a medalha de ouro na modalidade Tiro com Arco nos Jogos Parapanamericanos de 2015. A competição acontecerá em Toronto, no Canadá, de 7 a 15 de agosto. De acordo com a sua classificação, ela poderá conquistar uma vaga para competir nas Paraolimpíadas do Rio 2016.

“Para mim, essa disputa é um desafio enorme pelo tempo que estou treinando. A ansiedade é grande, mas estou confiante no trabalho que venho desempenhando, sinto que estou crescendo na modalidade e representar o Brasil será um imensa alegria e muito orgulho”, destaca Thaís.

No mesmo ano em que conheceu a modalidade, em 2012, Thaís começou a praticar o esporte e, em 2014, se tornou profissional. Apesar de ter amputado uma das pernas em junho de 2013, em razão de não ter se recuperado de uma fratura na tíbia quando criança, a atleta não desistiu do esporte. Três meses depois da cirurgia, já estava recuperada e de volta aos treinos. 

“Fraturei a tíbia direita quando tinha 3 anos de idade. Desde então, venho fazendo vários tratamentos e cirurgias, mas por conta da doença 'pseudoartrose congênita' a cicatrização e junção do osso não acontece. Por isso, no ano passado, decidi amputar a perna direita”, contou.

Após os Jogos Para –Panamericanos, Thais competirá no Mundial de Tiro com Arco na Alemanha, de 21 a 31 de agosto de 2015. 

“Sempre gostei dessa modalidade. Vejo que ela possibilita um trabalho intenso dividido em 50% para o corpo e 50% para a mente, já que é relativamente 'parada'. Com isso, o tiro com arco possibilita um aprimoramento na concentração, e você precisa estar bem e buscar esse equilíbrio”, acrescentou a paratleta. 

CONQUISTAS – Na categoria Recurvo Feminino Open, Thaís está em segundo lugar no Ranking Nacional. Foi vice-campeã no campeonato World Junior Games de 2013 da International Wheelchair & Amputee Sports Federation (IWAS); ficou em 4º lugar no Para-Pan da Argentina em 2013, e em 5º no Mundial do Arizona Cup em 2014.

COMPETIÇÃO – Os Jogos Parapan-Americanos é um evento multiesportivo internacional para atletas com alguma necessidade especial de países do continente americano. Os jogos são realizados 17 dias após os jogos Pan-Americanos de 2015, nas mesmas instalações.

Os treinos da atleta acontecem no Clube do Exército de Brasília. Ela tem o apoio do Centro de Treinamento em Educação Física Especial (Cetefe/DF) e da academia da Companhia Atlética de Brasília (CEB), onde faz a sua preparação física.