Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/20 às 17h19 - Atualizado em 8/07/20 às 18h47

Servidores do Hran são homenageados com flores

COMPARTILHAR

Mudas serão entregues para os profissionais que estão na linha de frente no combate à Covid-19

 

AGÊNCIA SAÚDE*

 

Um toque de delicadeza e gesto de conforto em tempos de pandemia. Com um ato simples e motivador, a Novacap prestou uma homenagem singela a todos os profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate à Covid-19. São cerca de 2,1 mil vasos ornamentais que serão distribuídos até o fim do mês nos hospitais regionais da Asa Norte (Hran), Santa Maria (HRSM) e Ceilândia (HRC). Na manhã dessa quarta-feira (8), a ação de solidariedade foi no Hran.

 

Fotos: Breno Esaki/Agência Saúde

 

“A entrega das flores tem um significado ainda maior porque vem para alegrar, é um sinal de esperança e renascimento. Ao mesmo tempo que a morte desanima, a vida sempre renasce, junto com o Sol e as flores”, agradece, emocionado, o médico dermatologista e diretor da Atenção Secundária da Região de Saúde Central, Pedro Zancanaro.

 

“É o que podemos fazer para demonstrar o carinho que temos por todos os funcionários da saúde do DF num momento tão difícil como esse. É nosso reconhecimento, gratidão e solidariedade por todo o trabalho que está sendo feito”, reconhece o presidente da Novacap, Fernando Leite.

 

 

ATENDIMENTOS – Desde o início da pandemia, o Hran já atendeu mais de 5 mil casos de pessoas contaminados pela Covid-19, onde profissionais da saúde atuam diretamente com os pacientes todos os dias. São profissionais que arriscam a própria saúde e sacrificam o convívio familiar para cuidar de quem está doente, de salvar vidas, mostrando que cuidar, também é um dos gestos de amor mais nobre.

 

 

“Nos sentimos agraciados nesse momento de crise, a gente fica mexido com tudo que vem acontecendo, perdas, não só de pacientes, mas de colegas também, está todo mundo abalado”, confessa a técnica de enfermagem, Rosilene Martins.

 

“Significa muito para a gente nesse momento tão triste, às vezes somos esquecidos e com gestos como esse nos sentimos lembrados e valorizados”, disse a técnica de enfermagem, Elizabeth Batista de Souza.

 

 

Nas próximas semanas, médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, além de vigilantes, agentes de limpeza e conservação dos hospitais regionais de Santa Maria e da Ceilândia, serão lembrados pela bravura e dedicação com que têm enfrentado esse momento de crise. Por meio da beleza de mudas de gazânias, torênias, gerânios, érikas, celósias, cravos amarelos e outras espécies, poderão sonhar com um futuro de esperança e fé.

 

 

“É claro que essas mudas têm uma representação de esperança, principalmente nesse momento que sentimos que a pandemia chegou ao seu pico”, avalia o diretor do Hran, Ulisses Castro.

 

*Com informações da Agência Brasília

Edição: Johnny Braga