Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/03/19 às 13h41 - Atualizado em 28/03/19 às 13h12

Servidores do Lacen ensinam a diagnosticar coqueluche e vírus respiratórios

COMPARTILHAR

Curso foi ministrado por pessoas com experiência técnica e acadêmica

 

Uma equipe formada por servidores dos Núcleos de Bacteriologia e de Virologia do Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen) capacitou 15 servidores do Núcleo de Patologia Clínica do Hospital Regional de Planaltina (HRP) em procedimentos de coleta de material biológico para diagnósticos de coqueluche e de vírus respiratórios, incluindo o tipo H1N1.

 

O curso foi realizado nesta terça-feira (26) com conteúdos teórico e prático, focado na fase pré-analítica das coletas em nasofaringe (região posterior à cavidade nasal, acima do palato mole, tem função respiratória e é uma extensão das cavidades nasais) e orofaringe (parte da garganta, logo atrás da boca). A fase pré-analítica define a garantia da qualidade dos resultados laboratoriais e ocorre desde o pedido médico até o momento da análise.

 

O cuidado na realização dos procedimentos de coleta, armazenamento e transporte das amostras tem relação direta com a qualidade do resultado oferecido pelo laboratório. Se a amostra não for coletada corretamente, poderá influenciar o resultado do exame e o tratamento do paciente.

 

APRIMORAMENTO – “Iniciativas como estas visam a diminuir falhas no procedimento de coleta, favorecendo as análises realizadas e os diagnósticos das doenças”, enfatiza Edson Bello, farmacêutico bioquímico do Lacen-DF.

 

Ainda nesse sentido, a chefe do Núcleo de Bacteriologia, Glaura Lima, enfatizou a importância da educação continuada e padronização de procedimentos: “É fundamental que os servidores da Secretaria de Saúde estejam capacitados e aptos à realização de procedimentos da forma correta”.

 

Devido à boa receptividade desta capacitação, o diretor do Lacen-DF, Jorge Chamon, propôs que este e outros treinamentos sejam ofertados aos laboratórios da rede. “Em cursos de capacitação, nos deparamos com experiências e perspectivas diversas, que proporcionam importantes momentos de reflexão e de aprendizado, que contribuem para o desenvolvimento de competências que alimentam nosso universo pessoal e profissional”.

 

Carolina Pedroza, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF