Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/06/20 às 11h22 - Atualizado em 17/06/20 às 9h58

Servidores do Samu recebem mensagens de apoio

COMPARTILHAR

Ação é um iniciativa dos alunos, professores, colaboradores e demais membros da comunidade acadêmica da UnB

 

GUILHERME PEREIRA, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

Fotos: Divulgação

O alerta é claro: “Cuidado com o ‘coronavius’! Eu não quero que vocês fiquem doentes!”. E quem dá o recado para os “heróis da saúde” que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) é o pequeno Pedro Henrique Campos, de 6 anos. A mensagem chegou juntamente com outras cartas aos socorristas do Samu através do “Projeto Cartas Solidárias”, desenvolvido pela comunidade acadêmica da Universidade de Brasília (UnB), para homenagear e motivar os profissionais de Saúde do Distrito Federal.

 

Na carta, Pedro conta aos médicos como nasceu, “antes da hora”, e teve que ficar em uma “caixinha de vidro no hospital”, mas graças ao trabalho dos profissionais da saúde, que lhe deram um “arzinho”, ele pode ir para casa e crescer. Agora, sabendo que os profissionais da saúde estão tendo que ir para a rua durante a pandemia do novo coronavírus, Pedro quis mandar uma mensagem de motivação a eles “vocês não precisam ficar com medo. Tudo vai ficar bem um dia”.

 

A carta de Pedro Henrique foi entregue pelos membros do projeto “Cartas Solidárias”, da UnB, nesta segunda-feira (15). O projeto é uma ação que busca levar o reconhecimento, o agradecimento e a gratidão da comunidade universitária aos profissionais da linha de frente da saúde pública, que são os mais expostos ao contágio neste período de pandemia.

 

“É uma forma de fomentar a saúde mental e também promover um acolhimento aos profissionais de saúde”, afirma Juliana Eugênia Caixeta, professora do curso de Ciências Naturais que coordenou a ação no Samu.

 

Os servidores receberam 74 cartas de alunos e professores, ou da própria comunidade, dos colaboradores, alunos egressos ou familiares. Alexandre Garcia, diretor do Samu, relata que a distribuição das cartas para os profissionais que não estavam presentes no momento da visita já começou e garante que alguns já se emocionaram com a homenagem. “É muito motivador para nós, que estamos na linha de frente. Temos visto várias homenagens na comunidade, algumas cestas básicas sendo distribuídas e – para nós que estamos na linha de frente – é um alento, um gás a mais, traz uma motivação”, afirma o diretor.

 

PROJETO – O projeto “Cartas Solidárias” já promoveu outras ações semelhantes para os servidores da saúde do Distrito Federal, no início de junho o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) recebeu o grupo, que entregou cartas aos profissionais que tratam os pacientes de Covid-19.

 

O Hospital Universitário de Brasília (HUB) e o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) também já receberam cartas do grupo. Elas são recebidas por meio do e-mail promo.prev2020@gmail.com. Qualquer pessoa pode enviar a sua mensagem de agradecimento aos médicos, enfermeiros, condutores e demais servidores da Saúde.