Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/08/13 às 15h31 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

SES tem mais de 11 mil servidores registrando o ponto eletrônico

COMPARTILHAR

Servidores da Administração Central da SES foram os primeiros a utilizar o sistema

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) conta com 35.135 servidores, das mais diversas categorias, no seu quadro efetivo. De janeiro a agosto, 11.565 servidores foram cadastrados e utilizam o ponto eletrônico para registrar a frequência no trabalho.

Para o gerente de Monitoramento, Avaliação do Trabalho dos Profissionais da SES, Tiago Amaral Flores, o ponto eletrônico trouxe isonomia do cumprimento da jornada de trabalho; maior facilidade no controle dessas jornadas pelas chefias; banco de horas para o servidor que permanece além da carga horária por necessidade do serviço; mais servidores trabalhando; menor sobrecarga para o servidor que trabalha.

Os servidores da Administração Central da SES foram os primeiros a utilizar o ponto eletrônico para registro de frequência. De lá pra cá, outras unidades já contam com o registro eletrônico: Hospital de Base (HBDF), Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e centros de saúde da Asa Norte, Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) e centros de saúde da Asa Sul, Subsecretaria de Vigilância Sanitária (SVS) e Laboratório Central (Lacen).

Cronograma

Atualmente, 32,92% dos servidores da SES utilizam o ponto eletrônico. De acordo com gerente, estão em teste as regionais de saúde do Guará, Núcleo Bandeirante, Candangolândia e Riacho Fundo.

Em setembro começarão os testes para o uso do ponto eletrônico nas regionais de saúde de Sobradinho, Planaltina  e Instituto de Saúde Mental (ISM).

No mês de outubro, têm início os testes do ponto das regionais de saúde de Taguatinga, Samambaia,  do Recanto das Emas e Hospital São Vicente de Paulo (HSVP).

Em novembro, será a vez dos servidores das regionais de Ceilândia e Brazlândia a utilizarem a frequência eletrônica. Finalizando, segundo Tiago Flores, a implantação do ponto eletrônico na rede de saúde pública do DF estará completa em dezembro com o início dos testes nas regionais de saúde do Paranoá, Gama, Santa Maria e São Sebastião.

Júlio Duarte