Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/11/13 às 15h18 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Simulação de socorro no Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

COMPARTILHAR

SAMU/DF atende 40 feridos em acidentes por dia

No Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito – terceiro domingo de novembro – uma mostra no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, alertou para cuidados essenciais para reduzir os acidentes de trânsito.

A exposição, realizada anualmente pelo Ministério das Cidades, por meio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em parceria com o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF), chama a atenção para perigos como o não uso do cinto de segurança e o uso do celular ao volante.

A programação foi aberta com uma simulação de acidente de carro x moto, pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/DF), com atendimento a duas vítimas. No estande do SAMU também foram realizadas oficinas de noções básicas de primeiros-socorros.

Segundo o coordenador do SAMU/DF, Rodrigo Caselli, as ambulâncias do serviço atendem aproximadamente 200 ocorrências por dia e 20% deste total são acidentes de trânsito. Além das ambulâncias, o SAMU dispõe de equipes nas motolâncias e bikelâncias, que se deslocam mais rapidamente aos locais dos acidentes e prestam os primeiros-socorros até a chegada da ambulância. O SAMU/DF conta, ainda, com um helicóptero, por meio de parceria com a Polícia Rodoviária Federal.

No Pavilhão do Parque da Cidade foram montados também estantes do Detran, Ministério das Cidades, Corpo de Bombeiros, Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Polícia Rodoviária Federal e Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro.

Integrantes do PARADA – Pacto Nacional para Redução de Acidentes – lembraram que para evitar acidentes é fundamental obedecer as leis e as regras de boa convivência no trânsito. O PARADA é uma campanha do Ministério das Cidades, criada para diminuir o número de acidentes e mortes no trânsito.

Um simulador de direção chamou a atenção dos visitantes e as crianças tiveram oportunidade de receber informações sobre direção segura por meio da Escolinha de Trânsito, que levou jogos educativos para o Pavilhão do Parque da Cidade.

O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito – terceiro domingo de novembro – foi criado em 1993, pela Road Peace, uma organização de caridade do Reino Unido, que trabalha em prol das vítimas de acidentes rodoviários.

Por Tânia Costa, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa
(61)3348-2547/2539 e 9862-9226