Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/04/19 às 15h36 - Atualizado em 22/04/19 às 15h43

Surpresa deixa mães emocionadas no domingo de Páscoa no HRT

 

Cartões com mensagem especial provocaram lágrimas de emoção

 

As mães da neonatologia do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) tiveram uma surpresa especial na manhã do domingo de Páscoa (21). Ao chegar à unidade, elas se depararam com um cartão confeccionado com o carimbo do pé de seu bebê. “Eu já estava sentimental. Não segurei e chorei. Foi a coisa mais linda”, contou Bruna Rafaela Borges Lopes, 18 anos, que está há 2 meses acompanhando sua bebê, que nasceu prematura de 26 semanas e apenas 755 gramas.

 

Nos cartões, as mães puderam ler a seguinte mensagem: “Mamãe, bom dia! É manhã de Páscoa! Agradeço todo carinho e cuidado. Eu e você sabemos que tudo isso tem sido muito difícil, mas o seu amor tem me ajudado muito!  Espero que o meu amor esteja fazendo o mesmo por você!”

 

 

Assim como Bruna, outras 23 mães que estão com bebês internados no hospital acompanhando o crescimento e evolução de seus filhos receberam o mimo na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), Unidade de Cuidados Intermediários Neonatais (UCIN) e UCIN Canguru.

 

EMOÇÃO – “Essas coisas aceleram o coração. Parece que o amor aumenta quando a gente vê”, relatou Vanuza da Costa Silva, 23 anos, mãe de um bebê prematuro que, aos dois meses de vida, está em sua segunda passagem pela Neonatologia do HRT.

 

A iniciativa partiu da terapeuta ocupacional Mchilanny Bussinguer de Menezes que contou com a colaboração dos estagiários do curso de Terapia Ocupacional da Universidade de Brasília para preparar a surpresa.

 

“Elaboramos um cartão de Páscoa com uma mensagem e o carimbo do pé dos bebês. Esquematizamos com as enfermeiras e fisios (fisioterapeutas) do plantão para fixarem (a mensagem) nas incubadoras logo no início do dia. Dessa forma, as mães foram surpreendidas com os cartões e ficaram muito emocionadas”, descreveu a terapeuta.

 

PREPARAÇÃO – Durante a semana, Mchilanny e seus estagiários também realizaram oficinas de confecção de materiais lúdicos para enfeitar berços e bebês nesta Páscoa. No dia oficial da festa surgiram coelhinhos famintos por cenouras por toda a unidade.

 

Mauciene Bezerra da Costa, 28 anos, foi uma das mães a preparar os enfeites para sua bebê, nascida de 29 semanas e que está há dois meses no hospital. “Tudo o que for relacionado à minha filha eu faço com muito gosto, com muito amor. E receber o cartão com aquela mensagem foi bom demais. O texto descreve o que a gente passou e deixa a gente mais esperançosa”, relatou a mãe, emocionada.

 

Josiane Canterle, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF