Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/03/13 às 19h54 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Tratamento da tuberculose na Asa Norte

Pacientes são atendidos no centro de saúde nº 13

Segunda-feira, 24 de março, é o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, doença que atinge 70 mil brasileiros e mata, em média, quatro mil pessoas a cada ano. No Distrito Federal são registrados aproximadamente 400 casos por ano. Na Asa Norte, o centro de saúde nº 13, localizado na EQN 114/115, é uma das unidades básicas da rede pública de saúde, onde funciona o Programa de Tuberculose.

“Os pacientes são atendidos por agenda aberta e são avaliados pela equipe do programa”, afirma a gerente da unidade, a pediatra Renata Brandão Abud. O atendimento do CSB13 ocorre de segunda-feira à sexta, das 7h às 12h e das 13 às 18h.

“Quanto mais precocemente se der o diagnóstico e iniciar o tratamento, maiores serão as chances de cura e de rompimento da cadeia de transmissão. O principal sintoma é a tosse por três semanas ou mais”, informa a pediatra. As pessoas que apresentarem tosse há mais de três semanas deverão procurar o centro de saúde próximo à sua residência.

Quem apresentar tosse por mais de três semanas deve ser avaliado por um profissional de saúde. Outros sintomas da doença são febre vespertina, suor noturno, diminuição do apetite, emagrecimento e dor torácica. Os pacientes que forem diagnosticados com tuberculose receberão o tratamento por seis meses, com medicação fornecida pelo Ministério da Saúde.

O coordenador-geral de Saúde da Asa Norte, Paulo Feitosa, afirma que o Programa de Tuberculose está entre as prioridades da Regional Centro-Norte. “Em breve será aberto espaço para esse programa, com a inauguração do novo Ambulatório de Doenças Torácicas no Hospital Regional da Asa Norte.

Patrícia Kavamoto