Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/03/13 às 17h23 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

UPA terá novo protocolo de acolhimento dos pacientes

Avaliação detalhada e prioridade para casos graves


A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante terá mudanças no protocolo de acolhimento. Para o paciente, a alteração se reverterá num acolhimento mais rápido e seguro, já que a avaliação será mais detalhada, dando prioridade a quem precisa de atendimento mais rápido.

A capacitação e a implantação da nova estratégia no acolhimento começam no dia 30 de abril e termina no dia 2 de maio. Segundo a gerente administrativa da UPA/NB, Ana Paula Toscano, “essa nova forma de acolhimento traz como principal benefício uma maior precisão na classificação de risco, diminuindo o tempo resposta ao atendimento, o que aumenta a taxa de sobrevida dos pacientes graves e diminui as chances de sequelas”.

O protocolo que vem sendo adotado é o de “Campinas”, que será substituído pelo de “Manchester”. Todos os médicos e enfermeiros serão capacitados no protocolo e passarão por uma avaliação que resultará numa certificação internacional, já que o Manchester é adotado em vários países.

Além de maior detalhamento na avaliação do paciente, o protocolo traz como novidade a cor laranja na classificação, para pacientes “muito urgentes”. Assim, logo após a cor vermelha, para pacientes com total prioridade, surge a laranja, para pacientes com muita urgência no atendimento. As demais cores identificam: amarelo, urgente, verde, pouco urgente e azul, não urgente.

Arielce Haine