Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/03/17 às 17h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Aprovação do Instituto Hospital de Base foi unânime no Conselho de Saúde

COMPARTILHAR

Representantes dos trabalhadores, dos usuários e da gestão deram aval em setembro à proposta, apresentada pelo presidente do Conselho de Saúde

BRASÍLIA (17/3/17) – O início da construção da proposta que transforma o Hospital de Base em Instituto deu-se no dia 27 de setembro de 2016, numa reunião do Conselho de Saúde do Distrito Federal. Na ocasião, a ideia de transformar o Base em uma “estrutura organizacional relativamente autônoma”, com um modelo “similar ao do Hospital Sarah Kubitschek”, foi lançada pelo presidente do Conselho de Saúde, Helvécio Ferreira da Silva. Na ocasião, conforme a ata da reunião, a proposta foi “aprovada com unanimidade”.

Assinam a ata da reunião o presidente do Conselho, Helvécio Ferreira da Silva; a secretária executiva do Conselho de Saúde, Lucilene Úrsula Lorato Morelo; o secretário de Saúde, Humberto Fonseca; os conselheiros Marcus Vinícius Quito, coordenador de Atenção Primária da Secretaria de Saúde; Maria Dilma Alves Teodoro, diretora da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde; Lásaro Pereira de Melo, do Hospital das Forças Armadas; Jorge Bruno Rosário de Souza, do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal; Márcio da Mata Souza, do Sindicato dos Enfermeiros do Distrito Federal; Veralúcia Alves de Lima Rodrigues, do Sindicato dos Biomédicos do Distrito Federal; João Cardoso da Silva, do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Distrito Federal; Olga Messias Alves de Oliveira, da Associação dos Profissionais de Saúde Pública do Distrito Federal; Tiago Sousa Neiva, do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal; Darly Dalva Silva Matos, da Central de Movimentos Populares do Distrito Federal; Joana D'Arc Ferreira Woichechoski, da Federação das Mulheres do Distrito Federal; Adriana Carrijo de Medeiros, da Associação Cultural Recreativa Esportiva Farmacêutica do Distrito Federal; Raimundo Nonato de Lima, do Movimento Integrado de Saúde Comunitária do Distrito Federal; Luiz Carlos Macedo Fonseca, da Associação de Aposentados, Pensionistas e Idosos da Previdência Social do Distrito Federal e Entorno; Domingos de Brito Filho, da Pastoral da Saúde do Distrito Federal, e Regina Lúcia Pinto Cohen, da Associação Brasileira de Combate à Aids – Grupo Arco-Íris.

A partir da aprovação, a proposta foi sendo construída pela Secretaria de Saúde, em discussões prévias com o Ministério Público e outros órgãos de controle ligados à Saúde. Houve ainda conversas iniciais com os deputados que compõem a Câmara Legislativa e com as áreas internas do governo para a elaboração do projeto de lei que torna o Hospital de Base um instituto. O projeto, entregue pelo governador Rodrigo Rollemberg e pelo secretário Humberto Fonseca ao presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle, já tramita na Casa. Nesta quinta-feira (16), o projeto foi aprovado na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Segue agora para apreciação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e Comissão de Educação e Saúde (CES), antes de ser enviado para o plenário.