Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/04/18 às 18h52 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Atenção Primária é tema de seminário na Opas

COMPARTILHAR

Daniel Seabra (à esquerda) relatou o avanço da atenção primária no DF. Foto: Matheus Oliveira

 

O secretário adjunto de Assistência à Saúde, Daniel Seabra, participou, nesta quarta-feira (18), da quarta mesa temática do seminário Atenção Primária à Saúde: estratégia chave para a sustentabilidade do SUS, promovido pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

 

Diante de especialistas nacionais e internacionais, Seabra discorreu sobre a experiência da mudança e conversão do modelo tradicionalista para a Estratégia Saúde da Família (ESF) que, a partir de março de 2017, praticamente duplicou sua cobertura e hoje assiste 69,1% da população do Distrito Federal.

 

Daniel Seabra também relatou a evolução do processo de conversão das equipes ESF. Até o início de 2017, havia uma multiplicidade de modelos assistenciais: o tradicional (com clínicos, pediatras e ginecologistas), misto e exclusivo de saúde da família.

 

“O Distrito Federal tinha, em 2008, 36 equipes ESF. Hoje, são 549. No último ano vimos o crescimento da estratégia em várias regiões de saúde e priorizamos as mais vulneráveis, corrigimos distorções e estamos trabalhando também na melhoria da infraestrutura de várias unidades de saúde,” destacou o secretário adjunto.

 

O seminário teve como principal objetivo contribuir com o debate promovido pela Opas e pelo Ministério da Saúde sobre os 30 anos do Sistema Único de Saúde.

 

Durante o evento também foram apresentadas e debatidas evidências e experiências relativas aos resultados da Atenção Primária em Saúde em vários países e estados brasileiros.

 

TEXTO: Regina Célia Medeiros

 

 

DF participa seminário na OPAS - Fortalecimento da Atenção Primária