Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/03/18 às 12h49 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Bancos de Leite necessitam de doações

COMPARTILHAR

Quantidade coletada é insuficiente para a crescente demanda

BRASÍLIA (?12?/3/18) – Essencial para a recuperação do quadro clínico de crianças internadas em unidades de Neonatologia, o leite humano coletado pela Secretaria de Saúde tem sido em quantidade abaixo do esperado. Para garantir a alimentação dos pequenos, a pasta faz um alerta para que as mulheres que amamentam sejam doadoras e reforcem esse gesto de solidariedade.

Mensalmente, cerca de 200 crianças internadas nos hospitais da rede, em especial as UTIs, recebem o alimento. Isso equivale a uma demanda média de 50 litros de leite pasteurizado por dia. Nos dois primeiros meses do ano foram coletados 2,5 mil litros, entretanto, a demanda tem sido crescente.

“Historicamente, nos meses de festa, como o Carnaval, temos redução nas doações de leite materno. Agora, precisamos aumentar a coleta para garantir a alimentação das crianças que estão internadas e que tanto necessitam deste alimento”, destacou Miriam Santos, da área técnica de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano da Secretaria de Saúde.

De acordo com Miriam, os hospitais que mais necessitam do leite humano são o Materno Infantil e o Regional de Ceilândia. A demanda pelo alimento, entretanto, será maior, visto que a pasta planeja iniciar a distribuição em mais uma unidade da rede.

“Precisamos de bastante ajuda, ainda mais agora, que estamos fazendo planejamento para expandir a distribuição para a maternidade do Hospital Regional de Samambaia, atendendo aos bebês que apresentam necessidade de complementação da amamentação”, frisou Miriam.

Para doar, as mulheres possuem três canais de acesso: pela central telefônica 160, opção 4; pelo aplicativo Amamenta Brasília – disponível gratuitamente nas lojas virtuais; e pelo site amamentabrasilia.saude.df.gov.br. Após o contato do Banco de Leite, uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal irá à casa da doadora.