Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/08/16 às 18h35 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Base promove mutirão para pacientes de retinopatia diabética

COMPARTILHAR

Evento acontecerá neste sábado (27), a partir das 7h

BRASÍLIA (23/08/16) – Neste sábado (27), a unidade de Oftalmologia do Hospital de Base fará um mutirão para atender pacientes com suspeita de retinopatia diabética. A iniciativa é da Coordenação de Oftalmologia da Secretaria de Saúde e pretende diagnosticar 80 pessoas que já estão com os dados lançados no Sistema de Regulação da pasta. A ação ocorrerá das 7h às 13h.

A chefe do setor de oftalmologia do Base, Milena Gontijo, explica que o objetivo deste mutirão é agilizar o atendimento das pessoas que aguardam pelo procedimento e, também, priorizar os casos de urgência. 

“Neste dia, esperamos atender uma parte dos pacientes que aguardam. Será realizado um diagnóstico da doença [exame e consulta] para, depois, encaminhar o paciente ao tratamento indicado em cada caso. Alguns casos precisam de laser, outros de cirurgia, e ainda tem aqueles que precisam de injeções intravítreas”, completa Milena.

O QUE É – Trata-se de uma doença que acomete a visão e que pode causar dano parcial ou total da retina. A retina é a camada do olho que aloja as células que recebem a luz, fazem o processamento das imagens e repassam ao cérebro. Devido à diabete, a pessoa fica com excesso de açúcar no sangue e isto faz com que os vasos sanguíneos da retina fiquem mais permeáveis, gerando, assim, a possibilidade da formação de um edema (extravasamento de sangue e fluído).

A retinopatia diabética pode, inicialmente, causar o embaçamento da visão e, caso não seja tratada, pode levar à perda, parcial ou total a visão. Ela não é ligada à idade, pois adolescentes e jovens também podem desenvolvê-la, caso não façam o controle correto da diabete.

  • >>> Veículos interessados na cobertura deste evento devem entrar em contato com a assessoria de imprensa pelo e-mail entrevistasaudedf@gmail.com – As imagens serão autorizadas apenas das 8h às 9h.