Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/03/18 às 16h57 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Capacitação permitirá abertura de novos grupos de combate ao tabagismo

COMPARTILHAR

Pelo menos 10 unidades deverão entrar em funcionamento

BRASÍLIA (1º/3/18) – Sessenta e quatro profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, farmacêuticos e dentistas das regiões de Saúde Oeste, Leste, Sul, Norte e Centro Sul participaram de capacitação para abordagem e tratamento de fumantes. O treinamento foi promovido pela Equipe Técnica do Programa de Controle de Tabagismo, em parceria com a Superintendência da Região de Saúde Oeste.

Segundo a técnica da equipe, Maria Suélita de Lima, espera-se, com essa capacitação, a abertura de, no mínimo, mais dez unidades de tratamento de tabagismo. “Os profissionais que participaram da capacitação terão até 15 de março para enviarem proposta de trabalho”, frisa.

Estão previstas mais três capacitações semelhantes ainda este ano, de acordo com as demandas das superintendências. “As regiões podem agendar as capacitações pelo telefone 3346 5770 ou pelo e-mail saudetabagismo@gmail.com”, destaca Suélita.

OFERTA – Atualmente há cerca de 70 profissionais diretamente envolvidos na oferta de tratamento de tabagismo na abordagem intensiva (atendimentos em grupo). “Se considerarmos o número de profissionais capacitados nos últimos dois anos, já são mais de mil o número de profissionais aptos a realizar a abordagem intensiva e mínima de fumantes em suas rotinas de atendimento”, detalha a técnica.

Em 2017 foram feitos 2.010 atendimentos dois quais 980 pessoas deixaram de fumar já com um mês de tratamento nos grupos de tabagismo. “O índice de sucesso é de 48,7%. Superior ao que encontramos na literatura, que é de 30%”, informa Maria Suélita.