Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/01/17 às 10h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Centro Obstétrico de Santa Maria está com restrição até 13 de fevereiro

COMPARTILHAR

Apenas a realização de partos será suspensa; demais atendimentos continuarão sendo prestados normalmente

BRASÍLIA (26/1/17) – O Centro Obstétrico do Hospital Regional de Santa Maria ficará com atendimento restrito a partir desta quinta-feira (26) até 13 de fevereiro. Durante o período, apenas os partos deixarão de ser realizados. Para os demais atendimentos, as grávidas continuarão tendo assistência normalmente, quando necessário, de um obstetra.

A medida foi uma recomendação da Coordenação de Neonatologia e de UTI Neonatal da Secretaria de Saúde, em razão do número insuficiente de neonatologistas, que são responsáveis por avaliar recém-nascidos. O serviço voltará a normalidade com a chegada dos novos profissionais, contratados por meio de processo seletivo simplificado. 

Para absorver a demanda durante este período, a Superintendência da Região de Saúde Sul traçou plano de contingência. Gestantes de alto risco serão referenciadas para o Hospital Universitário de Brasília, via regulação de leitos. As grávidas de baixo risco serão encaminhadas para o Hospital Regional do Gama e para o Hospital Regional da Asa Norte.

Em média, o Hospital Regional de Santa Maria realiza nove partos por dia, ou seja, aproximadamente 270 por mês.

Leia também...