Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/06/16 às 18h01 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Chefes de protocolos vão cadastrar servidores no Sicop Web

COMPARTILHAR

Objetivo é integrar o cadastramento, controle e tramitação de processos administrativos

BRASÍLIA (15/6/16) – Desde quarta-feira (8/6), os chefes de protocolos dos órgãos da administração direta e indireta do governo passaram a fazer o cadastramento e a alteração de dados dos servidores dos seus respectivos órgãos no Sistema Integrado de Controle de Processos Web (Sicop Web). Para isso, eles receberam as capacitações necessárias, realizadas na segunda-feira (6) e na terça-feira (7), na Escola de Governo.

Mais de 130 chefes de protocolo – ou seus representantes – participaram do treinamento, realizado pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), via Coordenação de Documentação, Informação e Conhecimento (CDOC) – da Subsecretaria de Administração Geral (Suag).

Participaram servidores de 98% dos órgãos do governo, incluindo as unidades descentralizadas das secretarias de Saúde, de Educação e da Fazenda. Durante o treinamento, vários deles destacaram as vantagens positivas do Sicop Web para a agilidade nos processos que tramitam pelo sistema.

AVANÇO – Antes, os chefes de protocolo tinham que pedir à CDOC para cadastrar e alterar dados dos servidores que operam o Sicop Web. A abertura para que eles administrem internamente os usuários locais integra estratégia de gestão compartilhada da plataforma e que visa otimizar o trabalho desses profissionais e agilizar os processos que tramitam pelo sistema.

O que é o Sicop Web? – O Sicop Web é a versão mais avançada do antigo Sicop, que entrou em vigor em 16 de maio deste ano. Trata-se de uma ferramenta de gerenciamento de processos administrativos, que permite integrar o cadastramento, controle e tramitação desses processos entre os órgãos do governo e cuja operação é feita por servidores devidamente cadastrados. O objetivo é a agilidade nos procedimentos e, em consequência, nos serviços públicos.

O novo sistema conta com diversas melhorias: é acessado por meio de link – sicop.df.gov.br –, não precisando ser instalado na máquina dos servidores; possui ampla documentação que permite fazer correções no banco de dados e no próprio sistema; além de melhorar a relação entre os gestores dos protocolos, sendo uma ferramenta mais amigável e simples para atualizações.