Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/04/17 às 13h04 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Começa a formação das equipes de transição de Saúde da Família

COMPARTILHAR

Mudanças de lotação devem ser feitas a partir desta segunda (3)

BRASÍLIA (3/4/17) – A Secretaria de Saúde começa, nesta segunda-feira (3), o processo de movimentação de servidores para conversão do modelo de atenção básica para Estratégia Saúde da Família. O prazo para profissionais optarem por compor as equipes de transição terminou na sexta-feira (31).

“Todas as regiões de saúde já têm a lista de quem aderiu e de quem não quer participar das equipes de transição. Com isso, poderão fazer o remanejamento”, explica o coordenador de Atenção Primária da Secretaria de Saúde, Marcos Quito.

Os servidores que optaram por fazer parte da transição serão alocados nas Unidades Básicas de Saúde que já iniciaram o processo. Aqueles que não quiseram serão lotados em outras unidades, sejam elas de atenção primária ou em hospitais.

Primeira a iniciar esse processo, Ceilândia conta com duas Unidades Básicas de Saúde com equipes de transição. “Na UBS 10 tínhamos quatro equipes de Estratégia Saúde da Família. Agora, temos 10. Formamos três novas e mais três com profissionais removidos de outras unidades”, conta o diretor de Atenção Primária da Região de Saúde Oeste, Luiz Henrique Mota Orives.

Outra que está neste processo é a UBS 8, onde foi feita a movimentação de três equipes e constituída mais uma. “Com essas mudanças, enviamos um total de nove médicos, quatro enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem para unidades de saúde da região onde havia maior necessidade desta mão de obra”, complementou Luiz Henrique.

Todas as regiões de Saúde deverão fazer movimentação semelhante e, em seguida, informar à Coordenação de Atenção Primária o saldo das transições. “Possivelmente faremos uma segunda chamada de profissionais para novas equipes de transição”, anunciou Quito.

Clique aqui e conheça mais detalhes sobre o projeto de conversão.