Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/02/20 às 17h03 - Atualizado em 27/02/20 às 15h22

Criança na folia, atenção redobrada!

COMPARTILHAR

Prefira roupas leves, mantenha a hidratação e a proteção contra o sol

 

A folia começou, também para as crianças, e a primeira dica para os pais é que os pequenos sejam levados somente aos bailinhos e bloquinhos infantis. Por lá, a supervisão de um adulto é essencial. E para curtir toda a festa sem problemas, cuidar da saúde faz parte do roteiro.

 

 “Vista nas crianças roupas leves, calçado confortável e fechado para proteger o pé de pisadas e traumatismos. Dê às crianças alimentos leves, já que elas irão pular e mantenha a hidratação durante toda a festa, preferencialmente com água. Caso o evento seja em área externa, passe protetor solar e repita a cada duas horas”, orienta a referência técnica distrital de Pediatria, Ivana Novaes.

 

A pediatra alerta para não levar crianças menores de dois anos a locais fechados e com grande aglomeração de pessoas. “Estamos em época de circulação do vírus sincicial respiratório, responsável pela maioria dos casos de infecção do trato respiratório inferior em bebês”, complementa Ivana Novaes.

 

A enfermeira Iana Mota, 32, vai levar os dois filhos – um de 3 anos e outra de 1 ano- pela primeira vez, em um bloquinho de carnaval dentro do shopping e já sabe como se preparar. “O mais velho vai vestido de homem aranha, porque ele adora o personagem. Na mochila, vamos levar água, biscoito e frutas para eles aguentarem a folia”, conta.

 

SEGURANÇA – Outras dicas da profissional é que, em caso de bloquinhos de rua, a atenção deve ser redobrada com a movimentação de carros, devido ao risco de atropelamento. Ela também orienta que as crianças não aceitem comida nem bebida de ninguém, para não haver risco de contaminação.

 

 

Alline Martins, da Agência Saúde

 Foto: Tony Winston/Agência Brasília