Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/07/21 às 18h21 - Atualizado em 14/07/21 às 18h46

Dia D de Vacinação contra covid-19 no Sol Nascente

COMPARTILHAR

Foram disponibilizadas 500 doses para pessoas que não conseguiram agendar pela internet

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Nesta quarta-feira (14) foi a vez dos moradores do Sol Nascente receberem a vacina contra Covid-19. A Secretaria de Saúde disponibilizou 500 doses da vacina CoronaVac para serem aplicadas sem agendamento, pois o local é considerado área de grande vulnerabilidade e nem todos moradores possuem acesso à internet para realizar o agendamento. A ação ocorreu na Escola Classe 66 do Sol Nascente e foi realizada pela equipe da Unidade Básica de Saúde 12 de Ceilândia.

 

Vacinação contemplou população que não conseguiu agendar vacinação pela internet – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

“A divulgação foi feita por carros de som e com a ajuda da Administração Regional. Essa é uma área de grande vulnerabilidade social e muita gente não sabe nem como está ocorrendo a vacinação contra Covid-19 aqui no DF. Outras não conseguiram agendar por falta de acesso à internet”, explica Elisângela Pereira, gerente da UBS 12 de Ceilândia.

 

A imunização foi voltada para as pessoas que fazem parte do grupo prioritário e não conseguiram fazer o agendamento. A aplicação das doses começou às 8h. A equipe dividiu-se em três pontos para evitar aglomerações.

 

Primeiro o cidadão passava por uma triagem para identificar se ele se enquadrava nos grupos abertos para vacinação. Após a triagem era encaminhado para o preenchimento de fichas e, por fim, seguia até a área separada para imunização e recebia sua dose.

 

Luiz Carlos da Cruz foi vacinado contra a covid-19 – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Luiz Carlos da Cruz, 50 anos, não conseguiu agendar a vacina e por isso não tinha sido vacinado ainda. Ele disse que tentou mais de uma vez e todas deram errado, agora se sente feliz em ter conseguido se vacinar.

 

Este também é o caso de Marineide Almeida, 48 anos, que relatou que toda vez que ia agendar só tinha vagas disponíveis para lugares longes, em que teria que ir de ônibus e, por isso, acabou desistindo.

 

Edinalva Gomes recebeu a primeira dose contra a covid-19 – Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Edinalva Gomes, de 42 anos, estava radiante por tomar a primeira dose da vacina contra covid-19. Ela teve a doença e disse que apesar de não precisar de internação, sofreu muito e teve sequelas pós-covid.

 

“Este é um momento que esperei ansiosamente. Tive Covid e essa doença não é brincadeira, passei muito mal pois sou asmática e até hoje tenho falta de ar. Por isso eu falo pra todo mundo que tome a vacina, independente da marca, e continuem se protegendo, usando máscaras e álcool em gel”, alerta.

 

De acordo com a gerente da UBS 12 de Ceilândia, o Dia D de Vacinação contra Covid-19 no Sol Nascente deve ocorrer mais vezes, mas após a chegada de novas doses ao Distrito Federal.

 

GALERIA DE FOTOS:

 

Saúde realiza Dia D de Vacinação contra Covid-19 no Sol Nascente

Leia também...