Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/09/16 às 17h40 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Encerramento do Curso de Direito Sanitário reúne 160 alunos em Brasília

COMPARTILHAR

Aulas foram dadas à distância.Banca vai examinar os trabalhos finais até esta sexta-feira (2)

BRASÍLIA (1/9/16) – Aproximadamente 160 alunos de 26 unidades da federação compareceram a Brasília para participar, nesta quinta-feira (1º), da solenidade de encerramento do curso de Direito Sanitário. Promovido por parceria entre a Fundação Oswaldo Cruz (Friocruz), Universidade Aberta do Sus e Secretarias de Saúde de todo o país. O evento ocorre até esta sexta-feira (2) para que os estudantes apresentem os trabalhos finais e façam suas defesas para a banca de professores.

Foram mais de 400 horas de curso à distância com o objetivo de contribuir para a formação de servidores. As pesquisas se basearam em estudos sobre diferentes casos com diversas temáticas que compreendem a educação permanente como uma das ferramentas que tanto auxiliam na gestão, quanto contribuem para a busca de solução de problemas.

O secretário de Saúde do Distrito Federal, Humberto Fonseca, que esteve na abertura da cerimonia e representou o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), João Gabardo, destacou que o encerramento do curso é a concretização de esforços que se somam desde agosto de 2015.

“É um trabalho árduo pelo qual as pessoas se dedicam muito. A defesa é o momento sublime dessa trajetória. A busca pela efetivação da saúde, melhor estratégia e eficiência revelam o compromisso com o Sistema Único de Saúde”, disse Fonseca, ao informar que os projetos, após os tramites de avaliação, serão entregues as suas respectivas secretarias.

O secretário de Saúde do DF também entregou uma placa de homenagem para Maria Célia Delduque, coordenadora do Programa de Direito Sanitário da Fundação Oswaldo Cruz Brasília e do curso.

“Vocês passaram por muitos meses de estudo e trabalho. Tudo o que vocês aprenderam nesse curso vai se refletir nas práticas da gestão e no cotidiano tanto profissional, quanto pessoal. Algumas inovações na área de ensino que vocês aprenderam jamais serão esquecidas”, disse, ao enfatizar que é preciso disciplina para concluir um curso à distância.

A coordenadora explicou que com o curso os alunos estarão aptos a fazer diagnósticos de necessidade de informação em recursos humanos, desenvolver ações dirigidas ao cumprimento legal para execução de recursos para treinamento, executar e avaliar projetos de capacitação, bem como ter uma atuação mais confiante e com base jurídica legal no trato com as finanças públicas.

HOMENAGEM – Os cinco alunos que obtiveram notas mais altas no curso foram premiados por mérito. Dois deles eram do Distrito Federal. Gisele de Jesus Silva, graduada em ciências biológicas, conta que obteve conceito A em todas as disciplinas. A aluna fez um estudo de caso sobre o Rio Grande do Sul, que se baseou em um projeto de intervenção com a proposta de educação permanente dentro da atenção básica.

“Foi uma ótima oportunidade. O curso é bastante amplo e trata desde questões administrativas até questões de saúde pública. Com isso, conseguiremos fortalecer o Sistema Único de Saúde”, disse

Veja as fotos aqui