Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/09/16 às 18h27 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Escola Superior de Ciência da Saúde completa 15 anos com festa

COMPARTILHAR

Evento reuniu professores e alunos e trouxe apresentações de vídeo e musical

BRASÍLIA (14/9/16) – A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), criada em 11 de setembro de 2001, comemorou seus 15 anos no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), instituição mantenedora. A solenidade festiva para professores, alunos e servidores contou com apresentação de vídeo, relatando as atividades desenvolvidas pela escola ao longo dos anos, apresentação musical de estudantes de Enfermagem e depoimentos do corpo acadêmico.

Na ocasião, muitos dos presentes reforçaram, em seus depoimentos, o currículo extenso da ESCS, o seu diferencial na formação de excelência de médicos e enfermeiros para o Sistema Único de Saúde (SUS) e a sua atuação com metodologia inovadora.

O diretor da instituição, Paulo Roberto Silva, ressaltou que a escola tem princípios revolucionários e segue um modelo que é único no Brasil, a partir da integração ensino e serviço. “A ESCS concretizou uma das propostas mais ousadas da formação original do SUS. Quem ensina aos futuros médicos e enfermeiros são os profissionais que atuam no serviço público. A escola provou que a metodologia é possível e que funciona bem”, declarou.

“Reconhecemos as dificuldades e as fragilidades, no entanto, temos que comemorar as nossas conquistas e, juntos, continuarmos sonhando e trabalhando para que a nossa escola cresça cada vez mais e continue fazendo a diferença”, destacou a diretora executiva da Fepecs, Maria Dilma Teodoro.

O aniversário de 15 anos da ESCS também será celebrado com um grande evento na abertura da Mostra Científica no Congresso da ESCS, em 8 de novembro, com a presença de toda comunidade acadêmica e convidados.

INSTITUIÇÃO – Por ano, são abertas 80 vagas de medicina e 80 de enfermagem, sendo que 40% são destinadas para alunos que cursaram os ensinos fundamental e médio em escolas públicas do DF.

Desde 2001, quando a ESCS foi criada, 778 médicos foram formados pela instituição. E desde 2009, 190 enfermeiros concluíram o curso na unidade.

CURIOSIDADES
– Ela é a única escola superior de nível de graduação do país vinculada a uma secretaria de Saúde;

– O curso de medicina obteve nota máxima nas 3 edições – 2007, 2010 e 2013 – em que participou do Enade. O curso de Enfermagem, criado em 2009, também recebeu nota máxima na sua primeira avaliação, sendo o único com nota máxima, dentre os cursos de enfermagem, no DF.

– Diferente das escolas tradicionais, os estudantes são imersos, sob supervisão dos docentes, desde o primeiro ano, na prática e na realidade da comunidade