Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/01/16 às 14h13 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

ESCS forma mais uma turma com 82 médicos

COMPARTILHAR

Desde a sua criação, em 2001, são 778 profissionais formados

BRASÍLIA (22/1/16) – A partir desta sexta-feira (22), mais 82 médicos estarão aptos a clinicar no DF. A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) diploma sua décima turma de medicina. A cerimônia de formatura dos novos profissionais será no auditório master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, a partir das 20 horas. Desde 2001, a ESCS, mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), da Secretaria de Saúde do DF (SES/DF), já formou 778 médicos.

Para a diretora da Escola Supeiror, Maria Dilma Teodoro, a formatura da décima turma é uma importante conquista para a sociedade do Distrito Federal. “São 82 médicos disponíveis para a comunidade com uma formação humanística e voltada para o atendimento do Sistema Único de Saúde”. Além disso, a diretora ressaltou que o curso de medicina da ESCS está entre os dois no país que alcançou, por três vezes consecutivas (em 2007, 2010 e 2013), a nota máxima no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes do Ministério da Educação (Enade/MEC).

FORMANDOS – O médico Ricardo Ramos passou no primeiro vestibular e destacou que a formatura em medicina é a realização de um sonho. “Sempre tive o desejo de ajudar as pessoas. Desde pequeno, quando ouvia ambulância, já ficava curioso”. A médica Fernanda Mendes antes de cursar medicina passou por biologia, veterinária, química, enfermagem e arquitetura. “Não conclui nenhum curso porque meu sonho sempre foi medicina”, disse Fernanda.

Os novos profissionais citaram a metodologia da ESCS como um recurso de destaque comparado a outras escolas tradicionais. “A metodologia, sem dúvida, é o diferencial. Ela ajuda o aluno a pensar”, concluiu Ricardo. “Aqui a dedicação ao estudo e à compreensão exata do que estamos estudando e colocando em prática foi fundamental para a minha formação”, disse Fernanda.

Leia também...