Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/05/19 às 12h26 - Atualizado em 31/05/19 às 13h23

Feira dos Importados recebe ação de controle do tabagismo

COMPARTILHAR

 

Atividade da Saúde faz parte da celebração do Dia Mundial sem Tabaco

 

As pessoas que passaram pela Feira dos Importados, nesta sexta-feira (31), foram abordadas pela equipe técnica do Programa de Controle de Tabagismo da Secretaria de Saúde. Os atendimentos, voltados à conscientização da população quanto aos prejuízos provocados pelo tabagismo, fazem parte da comemoração do Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado hoje.

 

Na ação, médicos e enfermeiros da Secretaria de Saúde fizeram exames de espirometria, dependência de nicotina, pressão arterial, bioimpedância e medição de circunferência abdominal. Além disso, foram oferecidas orientações nutricionais, abordando a questão da obesidade, que assim como o tabaco, está relacionada a doenças crônicas não transmissíveis.

 

Para o feirante e piloto Luiz Vasconcelos, 36 anos, a ação é importante para trazer algumas reflexões a quem tem o hábito de fumar. “Já tenho a pretensão de parar com o cigarro, e como comecei a fazer exercícios, o fumo atrapalha. Vim aqui para medir a pressão, fazer a espirometria, e ouvir recomendações. É um passo a mais para que eu pare”, conta.

 

“Por mim, poderia ter essa ação mais vezes na Feira dos Importados”, elogia o feirante Roberto Silva, 53 anos, que aproveitou para aferir a pressão arterial e obter conselhos nutricionais. “Essa é uma oportunidade para levar conhecimento a quem precisa”, ressaltou.

 

As atividades oferecidas pela Secretaria de Saúde foram resultado de parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc) e suporte do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal.

 

ATUAÇÃO – Além de alertar a população sobre as doenças relacionadas ao cigarro, na ação de saúde também são disseminadas informações sobre o tratamento gratuito oferecido pela Secretaria de Saúde em 69 unidades, para os que desejam parar de fumar.

 

“Na feira, conseguimos ter um alcance e contato maior com a população. Nosso objetivo é conscientizar as pessoas e informar que a dependência em nicotina é uma doença, mas é tratável, e a Secretaria de Saúde oferece esse tratamento”, informa a Referência Técnica Distrital (RTD) do Programa de Tabagismo da Secretaria de Saúde, Bianca Rodrigues.

 

Durante os atendimentos, os usuários são orientados a buscar as unidades mais próximas de sua residência ou do trabalho. Todos os participantes recebem adesivo de nicotina, e 30% deles, por indicação após avaliação médica, podem usar medicamento.

 

TEMA – O tema deste ano da campanha do Dia Mundial Sem Tabaco é Tabaco e saúde pulmonar. O objetivo é aumentar a conscientização sobre o papel fundamental que os pulmões desempenham na saúde e no bem-estar de todas as pessoas.

 

Dados da OMS apontam que o tabaco fumado, em qualquer uma de suas formas, é responsável por até 90% de todos os cânceres de pulmão.

 

No Brasil, 428 pessoas morrem por dia por causa da dependência à nicotina. Estima-se que R$ 56,9 bilhões são perdidos, a cada ano, em virtude de despesas médicas e perda de produtividade, com 156.216 mortes anuais que poderiam ser evitadas. O maior peso é dado pelo câncer, doença cardíaca e por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

 

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/ Saúde-DF

Leia também...