Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/14 às 9h54 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Ações de combate a Dengue no Guará

COMPARTILHAR

Objetivo é planejar as atividades com os parceiros e órgãos do GDF 

O Grupo Executivo Intersetorial de Planejamento de Ações e Combate à Dengue (Geiplan Dengue) se reuniu, nessa terça-feira (04), para discutir as ações de 2014 e realizar um balanço de 2013. O grupo é composto por diversos órgãos do GDF, como Administração do Guará, Regional de Ensino, Caesb, SLU e Agefis.

As ações contra a Dengue são constantes. Desde janeiro, os agentes de vigilância ambiental estão em atividade com orientação, visitação às casas e eliminação de focos do mosquito. Além desse trabalho, também é realizado a identificação de áreas que possuem lixo e entulhos que podem ser depósitos da larva.

A diretora da Atenção Primária em Saúde do Guará, Charmene Menezes, afirma que é uma vigilância constante que não depende só da área da Saúde. “O trabalho em conjunto é com o objetivo de ir além da vigilância ambiental envolvendo os outros órgãos. O trabalho mais difícil é o de mudar o comportamento e a mentalidade das pessoas. Se não alcançamos isso, o ciclo continua. Mesmo contando com esse apoio, se o cidadão não mudar de atitude, não conseguiremos vencer essa doença”, declarou.

Desde o início do ano, as áreas de abrangência da Regional de Saúde do Guará apresentaram resultado satisfatório. No mês de janeiro em 2013, foram 36 casos confirmados (SCIA-Estrutural e Guará). Neste ano, foram apenas sete. As ações realizadas no ano passado em conjunto com os outros órgãos, foram determinantes para esse resultado.

O chefe da Vigilância Ambiental do Guará, Aparecido Oliveira, comemora os números, mas ressalta que não é motivo para tranquilizar. O objetivo das reuniões é tentar realizar um trabalho em conjunto abrangendo o Governo dentro da atribuição de cada área. “O importante aqui é identificar o que cada órgão poderá fazer para contribuir com o nosso trabalho. O esforço é fazer com que a população entenda que ela é fundamental nesse processo”, assegurou.

Em 2013, foram retirados das ruas quatro caminhões de pneus e entulhos. Foi feita a identificação de veículos abandonados, mobilização nas escolas com a entrega do kit “Agente Mirim contra a Dengue”, limpeza de bueiros, terrenos baldios e abandonados. Além da realização de diversas palestras na Estrutural.

Por Érika Bragança, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226