Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/02/13 às 17h52 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Hemocentro amplia Controle de Qualidade

COMPARTILHAR

Mais segurança nos resultados de exames

O Laboratório de Controle de Qualidade Interno da Gerência de Laboratórios da Fundação Hemocentro de Brasília (GL /FHB) amplia suas atividades e passa a realizar um novo serviço. A unidade, que já realizava as avaliações de controle interno e externo de qualidade dos laboratórios de doador (sorologia, imunologia e Nat) passou a avaliar também o controle de qualidade externo dos laboratórios de pacientes (hemostasia e imuno-hematologia de pacientes).

Segundo Delvânia Lima, gerente da GL, o controle interno (CQI) atua na rotina diária dos laboratórios do ciclo do doador, envolvendo controle de validação do ensaio analítico (exames) dos parâmetros sorológicos e imunohematológicos para liberação de resultados seguros.

Já no controle externo (CQE) a FHB recebe amostras de outros órgãos e empresas do país para serem analisadas. São amostras cegas (não conhecidas pelo serviço testador), que têm resultados confrontados com aqueles previamente conhecidos pelo órgão produtor do Controle de Qualidade Externo.

“Depois de processarmos as análises, mandamos os resultados para quem nos enviou as amostras e recebemos a confirmação sobre o nosso percentual de acerto nos resultados. Este controle é fundamental para que possamos nos avaliar periodicamente”, afirma Delvânia. De acordo com a gerente, os resultados obtidos pelos laboratórios do doador (sorologia, Imunohematologia e NAT) da FHB têm obtido resultados de excelência, ou seja, 100% de acertos nas avaliações de Controle de Qualidade Externo.

Em breve, o Hemocentro de Brasília ampliará o controle externo para o laboratório de imunologia dos transplantes (LIT).

Lena Nardelli