Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/10/13 às 17h19 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

Hemocentro coordenará assistência a pacientes com Doença Falciforme

COMPARTILHAR

Portaria que define modelo de atenção será assinada nesta quarta

Nesta quarta-feira (30), às 9h, no auditório do Hemocentro de Brasília (SMHN Quadra 3 Bloco A), o secretário de Saúde do Distrito Federal, Rafael Barbosa, assinará Portaria que define o modelo de atenção e cuidado à saúde integral dos pacientes com Hemoglobinopatias Hereditárias, delegando competência ao Hemocentro de Brasília para coordenar e regular a assistência integral a estes pacientes.

Este ano a Fundação Hemocentro de Brasília desenvolveu sistema informatizado para realizar o primeiro cadastramento de pacientes com Doença Falciforme no Distrito Federal, visando conhecer a prevalência da doença e a distribuição destas pessoas pelas diversas regiões do DF.

“Fomos pioneiros no cadastro dos pacientes da Doença Falciforme no Distrito Federal e agora, com a Portaria da Secretaria de Saúde, poderemos avançar na atenção integral à saúde destes pacientes, o que era uma dívida história com este segmento da população”, informou Beatriz Mac Dowell Soares, diretora-presidente da Fundação Hemocentro de Brasília.

A assinatura da Portaria comemorará o Dia Nacional da Doenca Falciforme, 27 de outubro. Em seguida será realizado o II Workshop sobre Doença Falciforme no Distrito Federal, com o objetivo de integrar pacientes, profissionais e gestores da saúde e disseminar informações sobre o tema.

A primeira palestra será proferida às 10 h, por Tiago Novais, odontólogo, membro do Comitê de Assistência Técnica da Doença Falciforme do Ministério da Saúde e coordenador do Programa de Doença Falciforme de Camaçari/BA. Ele falará sobre o tema “Política Nacional para Atenção Integrala à Saúde das Pessoas com Doença Falciforme”.

Em seguida, às 10h45, será a vez da médica do Hemocentro de Brasília/SES, Franciele Moraes Amaral, falar sobre a “Politica para Atenção Integral à Saúde das Pessoas com Doença Falciforme, no Distrito Federal”

Para finalizar a médica Isis Maria Quesado Magalhães, do Hospital de Criança de Brasília/SES abordará , às 11h15, o tema “ Doença Faciforme – Por que é um problema de Saúde Pública?”

Lena Nardelli

Leia também...