Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/07/17 às 20h53 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Hmib inaugura primeira Sala de Atendimento Psicossocial da rede

COMPARTILHAR

Unidade acolherá crianças e adolescentes vítimas de violência

BRASÍLIA (21/7/17) – A rede pública do Distrito Federal ganhou, nesta sexta-feira (21), a primeira Sala de Atendimento Psicossocial. Localizada na Emergência Pediátrica do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), a unidade atenderá a crianças e adolescentes em situação de violência, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Resultado de parceria com o Instituto Sabin, o espaço contará com uma psicóloga e uma assistente social.

Segundo a chefe do Núcleo de Prevenção e Assistência a Situações de Violência (Nupav) da Região de Saúde Centro-Sul, Fernanda Jota, a sala iniciará o cumprimento da Lei nº 12.845/13, que prevê o atendimento psicossocial às vítimas sexual na emergência. “O Hmib é a unidade mais indicada para lançar esse serviço na rede, por ser o local de referência na assistência de crianças de zero a 12 anos. Nossa emergência atende, aproximadamente, 400 crianças a cada 24 horas”, esclareceu a gestora.

Fernanda Falcomer, chefe do Núcleo de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência (Nepav), explica que, por mês, são notificados 200 casos dos diferentes tipos de violência nas 20 unidades de atendimento às vítimas. Destes, 40% são de origem sexual. “Essa sala fortalecerá o acolhimento desse público, pois integra o Projeto Ludoteca. Além disso, resolverá outras demandas, como auxiliar na redução da ansiedade no tempo de espera, diminuir o tensionamento entre a equipe e os usuários”, frisou Fernanda.

A presidente do Instituto Sabin, Lídia Abdala, destacou o trabalho colaborativo, que existe desde 2008, feito pela entidade e a Secretaria de Saúde. “O órgão cede o espaço e nós fazemos todas as intervenções como pintura, desenhos, móveis e brinquedos. Somos os responsáveis por transformar esses espaços. No Brasil, existem 74 ludotecas.”

ENTENDA – O Projeto Ludoteca é a criação de espaços lúdicos com livros, bonecos, brinquedos didáticos e terapêuticos que oferecem atendimento às crianças e adolescentes vítimas de violência. O intuito é, por meio desses instrumentos, ajudar os pacientes a darem novos significados aos históricos de violência que sofreram.