Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/11/15 às 18h14 - Atualizado em 30/10/18 às 15h13

Hmib inaugura primeiro Centro de Ensino e Pesquisa do Centro Oeste

COMPARTILHAR

Entrega do espaço faz parte das comemorações de 49 anos da unidade

BRASÍLIA (18/11/15) – O primeiro Centro de Ensino e Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (Cepe SUS) do Centro-Oeste foi inaugurado nesta quarta-feira (18) no Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib), que comemora 49 anos. A estrutura representa um avanço importante para fortalecer a formação dos estudantes da área da saúde que atuam no Hmib, bem como, fomentar a assistência à pesquisa e a educação permanente dos servidores.

“Desde 2007 conquistamos o título de hospital de ensino. Com isso, o incentivo que recebemos mensalmente do governo federal é em torno de R$2,2 milhões por ano, além de receber contrapartidas das instituições de ensino que enviam seus alunos para o Hmib”, destacou a coordenadora do Hospital de Ensino do Hmib, Fábia Lassence, após o descerramento da placa feito pelo secretário de Saúde, Fábio Gondim.

O Cepe SUS da Regional Sul possui um auditório com capacidade para 30 pessoas, três salas para realização de atividades como cursos de ensino e pesquisa, além de dois toaletes, sendo um para pessoas com deficiência física. Há, ainda, 25 pontos de internet.

Com a nova estrutura, a unidade passará a integrar os serviços de ensino que já ocorriam no hospital, de forma fragmentada, no edifício central, que inclui como pilares os núcleos de Comissão de Infecção Hospitalar, de Segurança do Paciente, e de Educação Permanente e o próprio Hospital de Ensino.

“Essas são estruturas muito importantes no atendimento da portaria interministerial número 285 dos ministérios da Saúde e Educação e será possível viabilizar o cumprimento do programa para manutenção da certificação do Hmib como hospital de ensino”, destacou a coordenadora.

PARCERIA – Das 22 instituições educacionais credenciadas à Secretaria de Saúde, 10 são parceiras do Hmib, entre elas, a Universidade de Brasília, a Escola Superior de Ciências da Saúde, a Universidade Católica e o Centro Universitário de Brasília. São aproximadamente 200 alunos enviados ao hospital por semestre para fortalecer a formação profissional, sendo atualmente 26 internos.

A coordenadora explica que as instituições de ensino realizam a contrapartida com a promoção de serviço, como a realização de obras, reformas, compra de livros novos, entre outros itens para o hospital, dependendo do que está estabelecido em cada convênio.

Galeria de fotos