Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/11/19 às 18h31 - Atualizado em 22/11/19 às 18h32

Hospital da Criança de Brasília comemora oito anos de funcionamento

COMPARTILHAR

Assistência humanizada foi o principal destaque da solenidade

 

 

 

O Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB) celebrou, nesta sexta-feira (22), os oito anos da sua fundação. Pacientes, gestores e servidores da saúde compartilharam emoção e homenagens. Os profissionais da unidade receberam o reconhecimento pela assistência humanizada prestada aos pacientes e familiares desde o primeiro dia de funcionamento, em 23 de novembro de 2011.

 

“A história do Hospital da Criança de Brasília registra uma jornada de amor ao próximo, em especial às crianças de Brasília. Este hospital percebeu que era necessário ir além da assistência às famílias das crianças com câncer. A unidade constitui um centro especializado para o tratamento integrado multiprofissional. Hoje, eu tenho orgulho de constatar esse atendimento humanizado e prestado por este hospital, orgulho de Brasília”, destacou o vice-governador Paco Britto.

 

Durante a cerimônia, aberta pela Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, voluntários, parceiros, gestores e todos que, de alguma forma, fazem parte da assistência prestada pelo Hospital da Criança foram homenageados em reconhecimento ao atendimento humanizado.

 

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, recebeu uma placa de homenagem e agradecimento por ter apoiado a ampliação do número de leitos de UTI da unidade.

 

COMPROMETIMENTO – “Com sentimento podemos fazer as coisas acontecerem. A parceria dos voluntários, a dedicação dos profissionais e a busca por inovações e tecnologias fazem o diferencial aqui. O governador Ibaneis Rocha sempre pede para priorizarmos a humanização no atendimento, algo que é vivido no Hospital da Criança”, ressaltou Okumoto.

 

Desde a inauguração, as equipes do HCB já realizaram 3,6 milhões de atendimentos. Uma das crianças cuidadas pelo hospital é Natália Alves, de dez anos, diagnostica com câncer há seis meses.

 

“Quando recebemos o diagnóstico de câncer, o hospital foi tudo na nossa vida. Ficamos sem chão, sem saber o que fazer. Aqui, encontramos a solução e um ótimo acolhimento”, relatou a mãe da pequena paciente, Rosana Alves.

 

Kaline Viera, mãe de três crianças atendidas no hospital, fez questão de falar da sua gratidão por todo o apoio que recebe da equipe: “O hospital é uma luz na minha vida. Receber um diagnóstico difícil de um filho desarma qualquer um. É como cair em um buraco negro e ficar perdido. Mas este hospital é um diferencial. Os médicos e enfermeiros nos abraçam, deixam até a UTI mais leve, nos fazem sentir em casa. Só tenho a agradecer”.

 

INOVAÇÃO – Durante a solenidade, foi inaugurada a Sala de Simulação Realística, que permite aos profissionais simular procedimentos especificos com o auxílio de bonecos. A sala homenageia o vice-presidente do Instituto do Câncer Infantil e Pediatria Especializada, Jair Evangelista da Rocha, um dos idealizadores do Hospital da Criança de Brasília.

 

Nivania Ramos, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF

Leia também...