Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/07/16 às 16h25 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Hospital de Sobradinho passa por reformas

COMPARTILHAR

Em algumas especialidades, haverá aumento na quantidade de atendimentos

BRASÍLIA (19/7/16) – Em breve, o Hospital Regional de Sobradinho estará com ambiente mais agradável e amplo. A unidade está passando por reformas que vão, inclusive, permitir aumento no número de atendimentos em algumas áreas, como na ginecologia e na diálise.

Uma das manutenções é na recepção do hospital. “Vamos pintar, colocar cadeiras novas, arrumar o piso, para já atender melhor os pacientes até que a reforma total do local seja feita”, observa a diretora da unidade, Cláudia Gomes. No início deste mês, foi publicada portaria para descentralização de crédito orçamentário no valor de R$ 115.425,91 para bancar os custos dessa reforma.

Os banheiros do Pronto-Socorro estão passando por manutenção, assim como a área de pediatria, que já teve o encanamento trocado. Na Ginecologia, pisos e infiltrações serão consertados. “Com essas reformas, será possível abrir mais 12 leitos, o que deve ocorrer em até 90 dias”, esclarece Claudia Gomes.

A área de diálise também terá ampliação de atendimento. Os materiais para a obra estão sendo comprados e a reforma geral está prevista para começar em 15 dias. Atualmente, o ambulatório de nefrologia tem atendido 50 pacientes por semana. “Com a reforma, aumentará a oferta para 56 atendimentos de hemodiálise por semana”, frisou a diretora do Hospital de Sobradinho.

A farmacêutica Ana Paula Lima já percebe na rotina o resultado das melhorias físicas promovidas no Hospital. “Com o novo espaço, que é climatizado, temos melhores condições de trabalho e com melhor localização no interior do hospital, mais centralizada em relação às clínicas médicas, o que facilita a dispensação dos medicamentos, que é de prescrição individual aos pacientes internados, por período de 24 horas”.

Para a enfermeira Tatiane Ribeiro, as obras também trarão melhores condições de atendimento aos usuários do hospital, como a reforma, ampliação e instalação de banheiros divididos por gênero no pronto-socorro. O usuário Romildo Fonseca, enquanto aguardava o momento da consulta, já percebeu a diferença no saguão de atendimento. “Agora está com a pintura e o piso novo, mais limpo e organizado”, avalia.

ATENDIMENTO – O Hospital Regional de Sobradinho atende, por dia, uma média de 600 pacientes no Pronto-Socorro de ortopedia, pediatria, ginecologia e cirurgia geral. O atendimento de clínica médica foi, recentemente, transferido para a Upa de Sobradinho, mas atualmente uma média diária de 10 pacientes graves ainda são recebidos no hospital regional. Já no ambulatório, são feitos cerca de nove mil atendimentos por mês.