Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/04/15 às 17h40 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Hospital de Taguatinga completa 41 anos

COMPARTILHAR

Comemoração teve culto ecumênico e bolo de aniversário

BRASÍLIA (15/4/15) – Com uma média de 250 mil atendimento por ano, registrados apenas na Emergência, o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) comemorou nesta quarta-feira (15) o 41º ano aniversário. Além de corte de um grande bolo, pacientes e servidores celebraram a data com um culto ecumênico pela manhã.

“Sabemos das dificuldades que a saúde enfrenta, mas reconheço que todos os servidores estão empenhados para oferecer melhor atendimento aos pacientes deste hospital”, destacou o secretário de Saúde, João Batista de Sousa, após o culto ecumênico.

“Entendemos que não há muitos motivos para festa, já que a saúde está e crise. Mas não podemos deixar de homenagear as pessoas e servidores que fizeram parte dos 41 anos de história do hospital. Sabemos que alguns servidores dedicaram 35 anos de sua vida nesta unidade”, complementou a coordenadora Geral de Saúde de Taguatinha, Eliéne Ancelmo Berg.

Ao visitar a sala da Comissão de Residência Médica da unidade e a Biblioteca, o secretário relembrou da época em que iniciou a carreira de medicina como residente na unidade. Ele também encontrou dois cirurgiões-gerais que fizeram residência, mas sob sua preceptoria, ou seja, sua coordenação.

HISTÓRIA – Com um projeto estrutural esboçado por Oscar Niemeyer, a unidade foi inaugurada em 2 de março de 1974, com 36 mil metros quadrados, capacidade de internação para 400 leitos e atendimento ambulatorial.

Com 2.700 servidores, a unidade hospitalar é composta por cinco andares, com uma arquitetura semelhante à do Hospital Sarah Kubitscheck. No ambulatório, fica exposto um painel de Athos Bulcão.

Na Emergência, são prestados os atendimento nas áreas de clínica médica, ginecologia, obstetrícia, pediatria, odontologia, cardiologia, ortopedia, cirurgia geral e otorrino e urologia. Anualmente, são atendidos cerca de 250 mil pacientes.

O pronto-socorro presta atendimento nas áreas de clínica médica, ginecologia, obstetrícia, pediatria, odontologia, cardiologia, ortopedia, cirurgia geral, otorrino e urologia. O ambulatório atende mais de 25 especialidades, entre elas cirurgia vascular, dermatologia, nefrologia, oftalmologia e fisioterapia.