Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/01/20 às 17h22 - Atualizado em 13/01/20 às 17h36

Hospital Regional de Ceilândia conclui reparos no centro obstétrico

COMPARTILHAR

Foi realizada a troca da fiação elétrica e a substituição dos quadros de energia

 

Após uma semana de trabalho, os reparos emergenciais no centro obstétrico do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) foram concluídos. Nesta segunda-feira (13), foram reabertas as três salas de parto. As intervenções na área incluíram a troca dos fios de energia elétrica e a revisão dos disjuntores.

 

Com a reabertura das instalações, o fluxo de atendimento volta ao normal e a unidade atenderá com 100% de sua capacidade. Mesmo com as reformas em andamento, o serviço de ginecologia e obstetrícia do HRC continuou atendendo a parte da demanda, e realizou 451 atendimentos e 16 partos.

 

Durante o período de intervenção, equipes de acolhimento e de classificação de risco prestavam o primeiro atendimento às pacientes.

 

ATENDIMENTO EM REDE – Enquanto os reparos eram realizados, as gestantes que chegavam ao HRC eram direcionadas a outros hospitais da rede, de acordo com o quadro de saúde. As pacientes classificadas como alto risco foram atendidas no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) e Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Já aquelas consideradas de menor gravidade foram direcionadas ao Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) e Hospital Regional de Samambaia (HRSAM).

 

O Hospital Regional de Ceilândia realiza, em média, 500 partos por mês, sendo a segunda maior maternidade da rede pública do DF, atrás apenas do Hospital Regional do Gama.  A unidade atende a uma população de cerca de 600 mil habitantes.

 

Agência Saúde