Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/03/17 às 16h28 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Hran reduz contas de água e luz com medidas simples

COMPARTILHAR

Caça vazamentos e cartilha com conscientização são algumas das ações

BRASÍLIA (9 /3/17) – O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) conseguiu reduzir 9,24% do consumo de água e 11,02% de energia na unidade, com medidas simples, adotadas ao longo do ano de 2016 e que deverão ser mantidas em 2017. Uma economia aos cofres públicos e um ganho para a natureza.

“Para economizar água, fizemos basicamente três ações: caça vazamentos, substituição de barriletes e canos e estamos elaborando uma cartilha do uso racional de água”, enumera a diretora administrativa do Hran, Suzy Galdino.

Na unidade são feitas vistorias diárias para verificar banheiros, torneiras, chuveiros e vasos sanitários para se certificar de que não há algum tipo de vazamento. Também foi feito um plano de contingenciamento na lavanderia, mudando o horário da lavagem de roupa.

Para conseguir reduzir o consumo de energia, foi feita a automatização da iluminação das áreas comuns dos andares (com temporizador, as lâmpadas são acesas a partir das 19h) e ainda a redução do horário do funcionamento da caldeira.

Para isso, houve eletrificação de uma secadora e de uma autoclave, a aquisição de peróxido de hidrogênio para lavagem de roupa a frio e também o desligamento de vapor para a cozinha.

AÇÕES – Outras unidades da rede também estudam implementar ações semelhantes. No Hospital de Apoio, por exemplo, já foi criada uma comissão de sustentabilidade e a equipe já começou a desenhar projetos. “O primeiro é de reciclagem e economia de papel. Estamos, no momento, fazendo um levantamento de consumo de papel, descartáveis, água e luz, para, em seguida, iniciarmos as campanhas”, explica a diretora da unidade, Anelise Pulschen.