Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/04/18 às 14h12 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Base retomará contratações suspensas judicialmente

COMPARTILHAR

 

O Instituto Hospital de Base (IHB) retomará as contratações dos aprovados nos dois processos seletivos realizados pela instituição, totalizando 774 novos profissionais.

 

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) deferiu, nesta segunda-feira (16), os recursos impetrados pelo governo de Brasília, que pediu a suspensão das decisões que barraram as seleções.

 

“A decisão do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Brito Pereira, reconheceu o absurdo que foram as suspensões dos processos seletivos do Instituto Hospital de Base.  Agora, nós vamos poder concluir os dois processos que foram iniciados e contratar novos profissionais para abrir leitos no Instituto Hospital de Base, para aumentar o número de consultas ambulatoriais e, assim, dar mais e melhor atendimento para a nossa população. Estamos muito felizes com essa notícia, temos certeza que agora vamos conseguir caminhar e melhorar a saúde do nosso Distrito Federal”, disse o secretário de Saúde, Humberto Fonseca.

 

A decisão também foi comemorada pelo diretor do IHB, Ismael Alexandrino. “Imaginamos que teremos impacto positivo na melhoria da assistência, na extinção ou até no zeramento de horas extras e diminuição da sobrecarga de trabalho, especialmente do pessoal da enfermagem. Mas, é importantíssimo ressaltar que essa conquista ajuda no processo de consolidação do modelo de gestão do instituto, modelo que a gente entende que é alternativo à sustentabilidade do SUS”, destacou Ismael.

 

As ações, movidas pelo Ministério Público do Trabalho, questionavam pontos como suposta falta de publicidade e de respeito ao prazo para pessoas com deficiência apresentarem documentação.

 

CONVOCAÇÃO – Ele informa que ele e toda a sua equipe “trabalharão com afinco” para que os selecionados comecem a ser convocados ainda esta semana. No primeiro processo seletivo, foram oferecidas 708 vagas para técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos emergencistas, anestesistas, cirurgiões do trauma, clínica médica e nefrologistas.

 

No segundo processo, foram ofertados 66 cargos para administrador, analistas, assistente de faturamento, enfermeiro auditor, engenheiro ambiental e clínico, farmacêutico, médicos auditor e regulador, e técnico de manutenção de equipamentos hospitalares.