Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/09/19 às 16h07 - Atualizado em 9/09/19 às 16h09

Início do Setembro Amarelo tem soltura de balões, exposição e coral

COMPARTILHAR

 

 

Eventos na Região de Saúde Centro-Sul continuarão ao longo do mês

 

A liberação de balões amarelos, no Instituto de Saúde Mental (ISM), para simbolizar a liberdade e a leveza da vida, marcou o início das atividades do Setembro Amarelo na Região de Saúde Centro-Sul, que começaram nesta segunda-feira (9) e se estenderão ao longo de todo o mês.

 

As ações de hoje contaram ainda com uma exposição fotográfica feita por um paciente do ISM. Ele recebeu alta depois de participar das oficinas terapêuticas disponibilizadas pela unidade – uma delas a de fotografia.

 

Os participantes do evento também foram agraciados com músicas cantadas pelo coral formado por usuários do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) III do Riacho Fundo I, localizado no Instituto de Saúde Mental. Após a apresentação, um paciente demonstrou interesse em criar um grupo de prevenção ao suicídio, ideia que deve ser lançada oficialmente no final deste mês.

 

Para a superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Moema Campos, a abertura do Setembro Amarelo ajudou a divulgar toda a programação de eventos para o mês de valorização da vida e prevenção ao suicídio, que envolvem unidades da Atenção Primária, Secundária e Terciária.

 

“A proposta do Setembro Amarelo é tratar a saúde mental como prioridade. Com essas iniciativas, feitas com muito carinho, queremos estimular a empatia e o cuidado com a saúde mental de forma proativa para evitar o suicídio”, explicou Moema.

 

As ações continuam esta semana na Região Centro-Sul, com o Desfile da Primavera no ISM, com participação dos pacientes da unidade. A programação também prevê a realização de oficinas de Práticas Integrativas de Saúde (PIS) no Hospital Regional do Guará (HRGu), além de sessão cinema e palestra do Centro de Valorização da Vida (CVV), ambos no Caps III do Riacho Fundo I.

 

Confira aqui a programação completa.

 

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Divulgação/Saúde-DF